Logo após o jogo da discórdia, que aconteceu na última segunda-feira (30), o arquiteto Felipe Prior começou a compartilhar as suas impressões sobre a dinâmica em questão. Durante uma conversa com a cantora Flayslane Raiane na área externa da casa, ele comentou a respeito da cantora Manu Gavassi e afirmou que ela não sabe lidar com críticas dentro do programa.

Ainda durante a conversa em questão, Prior chegou a afirmar que Manu é “uma patricinha” e que ninguém pode falar mal dela dentro do confinamento. O brother ainda reclamou que ela está se recusando a olhar para ele depois do comentário feito quando ele lhe indicou ao paredão, ainda no último domingo (29).

Também durante a sua fala, o arquiteto destacou que Manu chegou a afirmar nessa segunda-feira que estava se aproximando dele, mas ele acredita que isso foi feito na falsidade e não porque a cantora realmente gostava dele. Na ocasião, Felipe Prior ainda citou que Manu havia justificado um voto nele chamando-o de vilão de Malhação.

Após falar sobre isso, o arquiteto chegou a questionar se isso seria uma forma de elogiar alguém. Entretanto, o tom que Manu usou no confessionário para falar sobre isso e posteriormente contou para Prior, não era negativo. Durante a votação, a cantora afirmou que, pra ela, um vilão de Malhação consegue se redimir de suas atitudes ruins e era isso o que ela percebia em Prior nas últimas semanas do jogo.

Ainda de acordo com o arquiteto, Manu se aproximou dele nas últimas semanas de jogo por interesse e não por acreditar que tinha qualquer tipo de afinidade com ele.

Retomando a ocasião em que a cantora lhe revelou que votaria nele, Prior destacou que ela estava bêbada em uma festa quando lhe explicou que o seu voto seria para testá-lo no paredão contra Daniel.

Durante essa conversa, Felipe Prior chegou a dizer que estava tudo bem para ele no voto.

Entretanto, de acordo com ele, depois que ele afirmou que a testaria da mesma forma e afirmou que não tinha certeza se ela estava no "Big Brother Brasil 20" ou em um passeio na Disney, Manu passou a trata-lo como se ele fosse vilão.

Ainda durante essa conversa, o arquiteto destacou que, para a cantora, tudo é perfeito e nada está ruim dentro do confinamento, coisa que ele não consegue suportar.

Entenda o jogo da discórdia

A dinâmica do jogo da discórdia da última segunda-feira foi um pouco diferente das demais ocasiões em que ela aconteceu no programa. Dessa vez, somente os participantes emparedados participaram.

O apresentador Tiago Leifert pediu a cada um dos três para dizer os pontos que mudariam na personalidade dos seus adversários caso tivessem a oportunidade de fazer isso. Posteriormente, ele pediu a cada um dos emparedados que escolhessem algum dos outros brothers para fazer a sua defesa e pedir ao público para que eles permanecessem no programa.

Não perca a nossa página no Facebook!