Na manhã desta quarta-feira (4), mutias pessoas se viram tristes com a notícia da morte da cantora e acordeonista Adelaide Chiozzo, que veio a falecer em um hospital na Tijuca, localizado na zona norte do Rio de Janeiro. Adelaide obteve grande sucesso ao redor de todo o Brasil com sua brilhante voz, sendo a responsável por criar a canção “Beijinho Doce”.

Segundo as informações obtidas através do neto da cantora, Adelaide necessitou ser internada após uma infeliz queda dentro de sua casa, que ocorreu há 12 dias. A cantora precisou ser operada devido às circunstâncias, contraindo uma infeliz infecção urinária e pulmonar, indo a óbito nesta quarta-feira (4), as 8h.

Seu sepultamento será realizado amanhã, quinta-feira (5), a partir das 10h, tendo como local o velório o cemitério Memorial do Carmo, no Caju, localizado na Zona Portuária da cidade do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com as informações dadas por seu neto chamado Roberto Chiozzo, o último show de sua carreira foi há dois anos, ocorrendo na cidade de Niterói, próxima do Rio de Janeiro.

Carreira

A cantora estava com 88 anos de idade, tendo integrado o elenco da Rádio Nacional, tendo trabalhado por 27 anos de sua vida no local.

Suas participações não pararam por aí. Adelaide colocou seu nome em diversos programas na Rádio Nacional, podendo ser citados a “Gente que Brilha” e “Alma do Sertão”. A cantora também se destacou na empresa Atlântida Cinematográfica, obtendo atuação em inúmeros filmes com parceria da atriz Eliana, dentre 1947 e 1975.

Baile da Cinelândia

Usando suas redes sociais, o comunicador chamado Osmar Frazão, que trabalha na Rádio Nacional, mostrou tristeza com o acontecimento, usando a descrição de seu Facebook para prestar as devidas homenagens e despedidas. Na publicação, ele desabafou, dizendo que Adelaide foi para o mundo de esplendores, denominando a compositora como uma pessoa cativante e bela, tanto na vida pessoal quanto em sua carreira.

Continuando, ele disse que Adelaide foi uma das grandes estrelas do denominado Baile de Cinelância, revelando que a saudade da época é algo bom de se sentir.

O radialista é responsável por apresentar programas na Rádio Nacional do Rio AM 1130, tendo participação todos os domingos, às 8h.

A primeira apresentação da cantora foi no ano de 1946, onde participou da apresentação ao lado de seu pai Afonso Chiozzo em “Segura esta mulher”.

Adelaide nasceu no dia 8 de maio de 1931, na capital paulista. Em sua vida, a famosa se casou com Carlos Matos, um violinista, onde, pelo fruto de seu amor, teve Cristina Chiozzo.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!