Tatá Werneck se tornou um dos assuntos mais comentados da web nesta terça-feira (31), após fazer um apelo em suas redes sociais, pedindo que os seguidores e fãs que tivessem condições doassem dinheiro para uma vaquinha virtual visando ajudar o Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), que tem ligação direta com a UERJ.

Tatá Werneck divulgou vaquinha para coronavírus

O pedido veio porque através do dinheiro conquistado com a vaquinha o HUPE conseguiria fazer 50 leites de UTI para que eles consigam atender pessoas com coronavírus da melhor forma possível, ainda mais neste momento, em que os casos no Brasil estão em uma crescente de acordo com os boletins diários do Ministério da Saúde, e que diversos especialistas temem que o sistema público de saúde fique "afogado".

Em sua postagem, a apresentadora pedia também por máscaras para os médicos que estão na linha de frente para tratar das pessoas que estão com coronavírus, ressaltando que eles estão precisando de outros recursos para que eles possam se proteger já que eles estão na linha de frente no combate ao coronavírus, e estão mais expostos ao vírus diariamente.

Tatá Werneck rebate críticas

Uma das seguidoras notou que o comentário da apresentadora só havia se referido aos médicos, e não se mostrou contente com isso, rebatendo que os enfermeiros também precisam destes itens citados por Tatá. A esposa de Rafa Vitti respondeu que todas as pessoas e todos os profissionais de saúde precisam contar com equipamentos de proteção.

A resposta da apresentadora do "Lady Night" não agradou a todos, e muitos entenderam que a morena teria sigo grossa com a sua seguidora. Tatá Werneck logo tratou de se defender, questionando se gostariam que ela fosse uma "santa" que acerta todas as coisas a todo momento, e que nunca irá agir ou falar algo que eles não concordem, ressaltando que esta pessoa não existia caso fosse o que eles esperavam que ela fosse.

Tatá Werneck criticou anúncio do coronavírus no 'BBB'

Tatá Werneck voltou as suas redes sociais para comemorar que as doações para o hospital já tinham quase batendo a meta, que é de 4,5 milhões.

Vale lembrar que a apresentadora já tinha sido assunto neste mês ao reclamar da forma com que Tiago Leifert, apresentador do "Big Brother Brasil" havia anunciado para os brothers confinados sobre a pandemia mundial do coronavírus, e todas as precauções que estão sendo tomadas para evitar a sua difusão ainda maior, prezando pelo isolamento social, e pela higiene em si.

No dia 17 de março Tatá Werneck, assim como outros Famosos como Ana Paula do "BBB", ressaltou por meio de suas redes sociais que não gostou da maneira com que Leifert abordou o assunto por meio do Twitter, acrescentando que não se pode falar que é um resfriado, pois nenhuma enfermidade do tipo iria parar o mundo todo, como o coronavírus tem feito desde que a pandemia fez milhares de mortes em diversos países.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!