O jornalista Douglas Belan foi demitido da TV Centro América, afiliada da Rede Globo em Mato Grosso, nesta quarta-feira (22). Tudo ocorreu após o apresentador acabar exibindo ao vivo um nude de um telespectador durante o programa “Bom dia MT”.

O fato inusitado ocorreu nesta segunda-feira (20). Enquanto o apresentador estava realizando interações com o público por meio do aplicativo WhatsApp, o rapaz acabou recebendo uma imagem como mensagem. No momento do ocorrido, Douglas respondia sobre os serviços que estavam em funcionamento na cidade de Cuiabá, usando o aplicativo para poder realizar a interação.

A própria rede de Televisão anuncia o número para que os telespectadores possam usá-los para esse fim.

De repente, uma imagem íntima surgiu no telejornal, deixando todos aqueles que estavam assistindo ao vivo surpresos com o fato. A foto, para a felicidade da emissora, não chegou a ser carregada. Entretanto, não é necessário um olhar muito apurado para perceber do que se tratava a imagem em questão. De acordo com a nota emitida pela direção da emissora, o jornalista, no momento, acabou se desesperando com o ocorrido, quando deveria tomar partido e ter o controle da situação.

No momento, o jornalista se mostrou constrangido, retirando rapidamente a imagem do telão e tentando ‘amenizar’ aquilo que havia ocorrido, encarando o fato com bom humor.

“Deixa eu tirar isso daqui, não sei o que é. Tirou a tempo? Só no programa ao vivo”, ressaltou no momento.

Douglas Belan era apresentador e trabalhava também como editor-chefe, cargo que havia assumido na emissora dois meses antes de sua demissão. O rapaz residia em Curitiba (PR), se mudando para Cuiabá para abraçar a oportunidade de trabalho que conseguiu.

Tempos atrás, Douglas atuava como repórter da RIC Record TV.

Bastidores

Nos bastidores, funcionários tecem críticas sobre a má estrutura da afiliada da Globo, que acabou por provocar a gafe ao vivo. O jornalista, durante o ocorrido, necessitava se preocupar com diferentes fatores, como a apresentação, as mensagens recebidas no WhatsApp e também o telão do telejornal, tudo deforma simultânea.

As mensagens que são recebidas de forma ao vivo não são filtradas antes de ir para o ar. No momento, a afiliada está com sua equipe reduzida devido à pandemia do novo coronavírus no território brasileiro.

Jornalistas localizados em São Paulo já haviam alertado os colegas mato-grossenses sobre os riscos que rodeavam a exibição do WhatsApp no telejornal ao vivo. Na capital paulista, as mensagens do público que estão assistindo, antes de ir para o ar, passam por um pente fino, tudo com o intuito de evitar possíveis gafes, como esta que pôde ser vista na TV Centro América.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!