Durante a noite da última terça-feira (14), o ex-BBB Victor Hugo, que deixou a 20ª edição do "Big Brother Brasil" com o recorde de rejeição do público, acabou passando por um episódio bastante triste nas redes sociais. Ao tentar organizar uma transmissão ao vivo, Victor Hugo foi hostilizado por alguns internautas.

É possível afirmar que a live foi promovida pelo psicólogo através do seu perfil no Instagram. Entretanto, a iniciativa acabou não dando muito certo e Victor Hugo abandonou a transmissão aos prantos após ser ofendido por vários internautas.

Assim que o psicólogo apareceu ao vivo, as ofensas começaram a chegar. Esses comentários, por sua vez, partiram de pessoas que pertencem a outras torcidas e não necessariamente gostam de Victor Hugo. Pouco tempo se passou desde o início da transmissão, e o ex-BBB optou por interrompê-la, visivelmente abalado.

Após deixar a live, Victor Hugo usou a sua conta do Twitter para publicar apenas um emoji chateado, em referência à situação que acabou de acontecer e deixando claro que havia ficado insatisfeito com a postura que os seus haters adotaram durante a transmissão.

Toda essa situação acabou comovendo os internautas e, pouco tempo depois do ocorrido, a frase “Victor Hugo merece respeito” chegou aos Trending Topics do Twitter, lista que determina os assuntos mais abordados na rede social em questão.

Entenda a motivação para os ataques

Segundo informações do site UOL, grande parte das ofensas que o ex-BBB sofreu durante a sua live partiram de duas torcidas específicas: a de Gizelly Bicalho e a de Manu Gavassi. Quando ainda estava confinado, o brother acabou brigando com ambas as sisters.

Pouco antes de deixar o confinamento, Victor Hugo teve uma tentativa de combinar votos exposta por Felipe Prior, bem como uma fofoca que ele havia feito de Gizelly para Flayslane Raiane.

Isso fez com que as duas sisters acabassem brigando com ele e, em momentos anteriores, ambas mantinham um bom relacionamento com o psicólogo no confinamento.

Ainda naquela semana, Victor Hugo acabou sendo indicado ao paredão pelo hipnólogo Pyong Lee, que havia ganhado a prova do líder e tomou a decisão após receber um pedido diretamente de Manu – que já estava emparedada na ocasião.

Então, o psicólogo acabou deixando o "BBB20" com o recorde de rejeição da temporada.

Após todo o bullying e as mensagens de ódio recebidas por Victor Hugo, o ex-BBB recebeu o apoio de outros dois participantes da temporada, Lucas Galina e o próprio Pyong Lee. Ambos afirmaram que gostariam que ele ficasse bem e pediram para que ele tentasse manter o foco nos aspectos positivos de ter participado do programa.

Não perca a nossa página no Facebook!