No último domingo (05), J.B Oliveira, diretor de TV conhecido pelo apelido de Boninho, desabafou sobre as dificuldades de manter o "Big Brother Brasil 20" no ar durante a pandemia do coronavírus. Atualmente, o reality show citado é o único programa com conteúdo inédito no ar na Globo, que interrompeu as gravações devido à situação citada.

Ainda que o "BBB20" esteja próximo de terminar, visto que a final está marcada para o dia 23 de abril, Boninho chegou a falar que várias alterações estruturais foram necessárias na equipe do programa devido ao Covid-19 e ainda comentou sobre os cuidados, que foram redobrados para que o programa conseguisse se manter no ar.

Ao comentar a respeito do assunto, por meio de suas redes sociais, Boninho destacou que no atual momento, a equipe do "BBB20" está lutando para conseguir manter o programa devido ao número reduzido de funcionários, o que dificulta para levar ao público o dia a dia da casa.

A fala foi feita após um questionamento de um dos seguidores do diretor de TV no Instagram, ainda durante a madrugada. O motivo para que Boninho tenha decidido comentar essas dificuldades está ligado ao fato de que o público do "BBB20" tem pedido constantemente para que o reality show seja prolongado.

Com menos de três semanas para terminar o programa, essa hipótese chegou a ser cogitada pelo diretor e pela Globo, mas acabou sendo descartada devido às dificuldades relatadas.

Assim, o foco agora é em manter o cronograma previsto para que a final aconteça na data mencionada anteriormente.

Quebra de regras em função da pandemia

Ainda no dia 16 de março, quando a quarentena em decorrência da pandemia teve o seu início oficial no território brasileiro, a equipe do "Big Brother Brasil" precisou quebrar uma das principais regras do programa e comunicar aos confinados sobre o que estava acontecendo no mundo externo.

Na ocasião, o apresentador Tiago Leifert apareceu ao lado de um médico infectologista que explicou para os participantes como funciona a doença, o seu contágio e o que fazer para evitar que ela se propague no território nacional.

Além disso, durante a conversa em questão, o médico ainda passou aos brothers instruções sobre os cuidados de higiene que eles deveriam ter.

Também foi avisado que os familiares dos confinados estavam bem.

Ao comentar sobre a decisão de manter o programa, mesmo tendo interrompido as gravações de todos os seus outros conteúdos, a Globo explicou que todos os brothers recebem monitoramento médico por 24 horas. Assim, como eles receberam instruções sobre a higienização das mãos e a sua importância, a emissora ainda tomou a decisão de aumentar o consumo diário de água ao qual os participantes têm direito, de modo que eles possam lavar as mãos com mais frequência.

Não perca a nossa página no Facebook!