Na noite da última quinta-feira (2), antes do programa ao vivo do "Big Brother Brasil 20", Mari e Flayslane aguardavam na sala o momento em que seriam chamadas com os demais para a prova do líder que aconteceria na casa.

Durante a conversa na sala, a influenciadora questionou a cantora se ela estava sentindo saudades de seu filho Bernardo, e a cantora lamentou que, desde sua entrada no confinamento ainda não teve nenhuma notícia de seus familiares, e que não ganhou nenhuma prova do líder que daria o poder dela de assistir ao vivo do presente do anjo.

A cantora ainda desabafou que sentia muita saudade do filho, pois fazia muito tempo que ela havia saído de casa, e que tem horas que acha que não tem mais forças.

Mari ainda emendou falando que sentia saudade de seus pais, e lamentou que, por isso, não tem nem mesmo forças para poder passar para a sister e ajudá-la dentro do confinamento com isso.

A paraibana continuou se queixando a respeito do quanto ela tem se sentido sozinha na casa, e que, para ela, dói muito pelo fato de que ela é uma pessoa muito comunicativa e tem ficado calada dentro do programa devido à situação em que ela não simpatiza com nenhum dos participantes restantes, a não ser Mari que é a sua única amiga no confinamento.

Flay chama sisters de hipócritas

A sister é claro que não perdeu a oportunidade de falar mal das outras confinadas por quem ela nutre uma grande rivalidade gratuita. Na conversa, a cantora ainda disparou que as meninas que estão ainda no confinamento com ela são pessoas muito fechadas e que está de saco cheio da hipocrisia das mesmas.

A influenciadora então questionou a amiga perguntando se ela achava que não podia brincar com ela, e Flayslane respondeu que, para ela, é diferente, pois ela tem o tempo próprio de brincar. "As meninas são muito fechadas, muita hipocrisia, estou de saco cheio", desabafou Flay.

Mari então revelou que às vezes sente um desânimo, e questionou se a cantora se sente da mesma forma no confinamento em alguns momentos.

Para Fayslane, o momento dentro do confinamento é esquisito, e que ela esperava que o clima dentro do programa em um momento que está no Top 10 de pessoas confinada estaria outro, bastante diferente do que está.

A cantora ainda completou falando que é um grupo fechado, e que a casa inteira praticamente se protegeu até este ponto do jogo e que agora que estão somente elas, e que irão para cima dela no jogo, sente que isso dói muito.

A cantora ainda se lamentou pelo fato de que a sua família, seu filho e sua mãe estão vendo ela desta forma agora dentro do programa.

Ao longo do desabafo Flayslane ainda falou que agora não tinha muito o que ela fazer e que ela vai até o seu limite dentro do programa agora para conquistar o objetivo de ser a ganhadora do prêmio de R$1,5 milhão.

Não perca a nossa página no Facebook!