Durante a tarde do último domingo (12), a modelo Ivy Moraes conversou com a advogada Gizelly Bicalho e a influenciadora digital Mari Gonzalez sobre o futuro do "Big Brother Brasil 20". Apesar de o programa estar se encaminhado para a sua reta final e previsto para acabar no dia 23 de abril, a modelo afirmou que mudaria a sua estratégia daqui por diante.

Ao comentar sobre isso, Ivy destacou que daqui para frente vai partir para o ataque e jogará com “sangue no olho” para conseguir defender a sua permanência na “casa mais vigiada do Brasil” e chegar cada vez mais próxima do prêmio de R$ 1,5 milhão.

A conversa aconteceu no quarto do líder, que ainda era ocupado por Ivy, e a modelo chegou a traçar uma série de estratégias para o futuro do jogo, compartilhando-as com Mari. Na ocasião, Flaylsane ainda não havia sido eliminada e Ivy chegou a cogitar a sua permanência.

Posteriormente, ela falou sobre uma possível vitória de Manu Gavassi ou Rafa Kalimann na prova do líder e afirmou que, para ela, as duas poderiam votar em Mari.

Na sequência, a modelo ainda comentou sobre o que ela achava que aconteceria caso Thelma ou Babu vencesse a prova e afirmou que ambos poderiam votar nela. Entretanto, a modelo ainda cogitou a possibilidade de que Babu votasse em Gizelly, mas deu a voto de Thelma como uma certeza.

Após falar sobre todos os cenários possíveis, Ivy Moraes afirmou que estava tentando pensar nas possibilidades para que ela não fosse pega de surpresa e destacou que estava se sentindo com vontade de jogar de todas as formas possíveis nessa reta final para tentar assegurar uma vaga entre os finalistas.

Eliminação e nova prova do líder

Pouco depois da conversa em questão, aconteceu mais uma eliminação no "Big Brother Brasil 20". Dessa vez, a cantora Flayslane Raiane deixou o confinamento com 63% dos votos do público. Ela disputava a preferência do público com Thelma Assis e Babu Santana.

Assim que Flayslane deixou a casa, uma nova prova do líder aconteceu.

Conforme o que havia sido dito anteriormente por Boninho, a prova em questão exigiu habilidade dos confinados e foi realizada em quatro etapas diferentes. Três delas eram eliminatórias e a última possuiria duas rodadas. O participante que conseguisse atingir maior pontuação venceria.

Na ocasião, a cantora Manu Gavassi se saiu bem desde a primeira rodada da prova e acabou se consagrando como líder pela primeira vez no Big Brother Brasil 20.

Após ser declarada vencedora, Manu ficou tão emocionada que chegou a afirmar que algum erro devia ter acontecido durante a prova por não acreditar que conseguiu vencer. Em momentos anteriores do confinamento, a cantora nunca havia ganhado uma prova, fosse de líder ou anjo.

Não perca a nossa página no Facebook!