Foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (13), em seu apartamento, no bairro da Gávea, no Rio de Janeiro, o cantor [VIDEO] Moraes Moreira. Ele tinha 72 anos de idade e as causas do falecimento ainda não são conhecidas. De acordo com os familiares, ele morava sozinho.

Eduardo Moraes, irmão do cantor, disse que ninguém ainda sabe ao certo o que aconteceu. “A gente não sabe direito o que ocorreu”, disse o irmão, que acredita que a morte tenha ocorrido durante a madrugada.

Segundo o parente, o corpo do artista foi encontrado [VIDEO] por uma empregada, que havia ido atpé o local fazer a limpeza pela manhã.

“A emprega foi limpar o apartamento e encontrou ele morto”, falou Eduardo.

Pouco depois de noticiada a morte do artista, várias músicos como Nando Reis, Gilberto Gil e João Barone postaram mensagens em suas redes sociais lamentando a morte de Moraes Moreira. “Foi um grande mestre para quase todos os músicos da minha geração”, postou André Abujamra.

O Flamengo também publicou uma nota de pesar em sua rede social.

A carreira musical e os Novos Baianos

Nascido em 8 de julho de 1947, na cidade de em Ituaçu, no interior da Bahia, Antonio Carlos Moreira Pires, começou a fazer apresentações aos 12 anos de idade, tocando sanfona em festas juninas da cidade e outros eventos. Na adolescência aprendeu a tocar violão na mesma época em que cursava de ciências em Caculé.

Com 19 a nos de idade se mudou para Salvador onde ingressou no Seminário de Música da Universidade Federal da Bahia. Lá, conheceu Luiz Galvão e Paulinho Boca de Cantor, que futuramente seriam seus companheiros no conjunto Os Novos Baianos, que foi criado em 1968, no que inicialmente era para ser apenas um espetáculo.

No ano seguinte, já contando com a presença do guitarrista Pepeu Gomes e de Baby Consuelo (hoje Baby do Brasil), o grupo participou do Festival da Música Popular Brasileira na TV.

O disco de estreia, intitulado “Ferro na Boneca”, foi lançado em 1970, porém foi dos anos mais tarde que foi lançado “Acabou Chorare”, trabalho que consagrou o grupo.

Moraes Moreira ficou no grupo até 1975 quando partiu para fazer carreira solo. Contando todos os seus trabalhos, entre carreira solo e com outros artistas, ele lançou 60 discos em toda sua trajetória musical.

Seu último trabalho com músicas inéditas foi lançado no ano de 2012.

Última manifestação foi em março

Sua última manifestação pública foi em 18 de março, quando fez uma postagem em sua conta no Instagram comentando sobre a quarentena e a pandemia do coronavírus. Na ocasião, ele postou que estava usando a quarentena para escrever e compor. “Cumprindo minha quarentena, tocando e escrevendo sem parar”, postou.

Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!