Em meio à pandemia do novo coronavírus onde várias medidas de proteção estão sendo tomadas para evitar o contágio e a transmissão da doença, os fãs de Felipe Prior o décimo eliminado do "Big Brother Brasil 20" descumpriram as regras para poder se aproximar do eliminado da semana.

Mesmo com todos os pedidos que são feitos atualmente para evitar sair de casa, aglomerações e contato físico com outras pessoas, os fãs do ex-BBB resolveram quebrar as regras para poderem tietar o ídolo. O momento aconteceu na noite da última quinta-feira (2), enquanto os fãs do ex-BBB o esperavam desembarcar no aeroporto de Congonhas.

O arquiteto foi eliminado na última terça-feira (31), com 56,73% dos votos, em um paredão histórico, que ficou marcado para o reality show como a maior votação do mundo todo, com 1,5 bilhão de votos.

Com a sua saída do programa, Prior precisou ter a rotina que todos os eliminados precisam cumprir, e depois que todos os compromissos que o arquiteto tinha na cidade foram concluídos, ele saiu do Rio de Janeiro na noite de quinta-feira (2) para retornar para a sua terra natal.

Prior brinca com Marquezine

No entanto, ainda em solo carioca antes de embarcar para São Paulo, o arquiteto se deparou com uma publicidade no aeroporto com Bruna Marquezine e resolveu fazer uma brincadeira com a situação falando que a atriz foi a culpada pela sua eliminação do programa.

Em um vídeo publicado em seu Instagram, Prior comentou com seus seguidores que havia encontrado no aeroporto a pessoa que o havia ferrado em seu paredão.

A atriz foi uma das famosas que se mobilizou para conseguir a saída do participante do confinamento. Bruna mobilizou seguidores e várias torcidas para que Manu Gavassi, sua melhor amiga, conseguisse se manter no programa em meio ao paredão contra Mari e Prior.

Logo quando Prior desembarcou no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, o brother foi recebido pelos seus fãs no local, que o esperavam para poder tirar fotos com o mesmo e conversar com o ídolo.

O momento, no entanto, foi contra tudo que vem sendo dito no país para evitar aglomerações de pessoas e o contato físico aproximado. A medida pede que as pessoas fiquem em uma distância mínima de 1,5 m em locais públicos para evitar a proliferação do vírus.

Contra tudo isso, o arquiteto se aproximou de seus fãs e tirou várias fotos no local. O momento se tornou polêmico pelo fato de que os fãs de Prior descumpriram todas as regras que foram impostas atualmente no país, apesar de ele alertar algumas vezes para que os fãs não se aproximassem.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!