O nome de Felipe Prior se tornou um dos mais comentados nesta sexta-feira (3) após uma matéria publicada pela revista 'Marie Claire' acusando o brother de ter estuprado duas mulheres e tentado violentar uma em dois jogos universitários da 'InterFAU'. Os fatos teriam acontecido entre 2014 e 2018, quando o brother teria violentado duas mulheres embriagadas, que teriam negado as investidas de Prior, mas mesmo assim ele teria tentado ter relações com as duas, o que pode ser configurado como estupro, por não ter o consentimento da outra pessoa.

Pai de Prior se pronuncia

Após toda a repercussão que o caso tomou ao longo deste dia, diversos Famosos vieram a público opinar sobre o assunto, e todas as partes se defenderam.

Em um primeiro momento, o pai de Prior, Edmir Prior, veio a público defender o filho, ressaltando que eles não receberam nenhuma intimação até o momento, e quando receberem poderão tomar ciência do que está acontecendo.

Edmir Prior ainda ressaltou que não leu a matéria de 'Marie Claire', ressaltando que só soube da matéria pela repercussão que o assunto tomou na web. Quando questionado se ele afirmaria com certeza que o filho é inocente, ele voltou a falar que não receberam qualquer intimação, acrescentando que desde que o filho entrou no Big Brother, muitas pessoas tem tentado 'queimar' a imagem de seu filho.

Nesta tarde, a 'InterFAU' decidiu se posicionar, confirmado que Prior foi expulso dos eventos organizados pela comissão por ter sido acusado de assédio e crimes sexuais, fazendo com que eles achassem melhor manter Prior longe destes eventos, cancelando a sua presença em todos os outros eventos.

Prior se defendeu

Com toda a repercussão, Prior também decidiu vir a público por meio de um vídeo postado em seu Instagram, se defendendo das acusações. Prior começou a filmagem ressaltando que logo que chegou em casa recebeu o carinho de seus fãs e de toda a sua família, ressaltando que está chateado com estas acusações e acrescentando desconhecer os fatos revelados pela revista.

Prior afirmou ser inocente, ressaltando que nunca cometeu qualquer tipo de violência sexual contra ninguém, acrescentando que o que o deixa chateado é que diversos rumores pesados começaram a surgir após a sua entrada na casa. "Sou inocente", disse. O ex-brother ressaltou que a sua parte jurídica está tomando as devidas providências, ressaltando que a sua consciência está tranquila.

A assessoria de imprensa de Prior também se manifestou por meio da legenda do vídeo, ressaltando a inocência do brother, ressaltando que eles repudiam estas informações, nomeadas de levianas por eles. Eles voltaram a falar sobre o fato de as informações terem vindo a tona agora, que ele tem visibilidade. A nota acrescentou que ele está a disposição para quaisquer esclarecimentos que a justiça precise.

Casos de Prior

O primeiro caso teria acontecido em 2014, quando Prior teria dado uma carona para a uma mulher. Prior teria parado o carro, e levado ela para o banco de trás do carro. Ela teria pedido para que ele parasse, e Prior a estuprou, e parou quando ela teria começado a chorar. Vale lembrar que a mulher estaria embriagada, e teria pedido que ele parasse por diversas vezes.

Em 2016, Prior teria levado uma mulher para sua barraca e tentado uma relação sexual com ela, mas ela conseguiu se livrar das supostas investidas de Prior depois de empurrá-lo.

O terceiro caso teria acontecido em 2018. O ex-brother começaria ater se relacionado com ma mulher com consentimento, mas ele teria começado a agir de uma maneira agressiva, e ela teria pedido que ele parasse, mas ele não parou e continuou com a relação mesmo que ela não estivesse consentindo.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!