Nesta segunda-feira (13) o mundo da Música se deparou com mais uma perda. O cantor Moraes Moreira, de 72 anos, morreu em sua casa, no bairro da Gávea, no Rio de Janeiro. Até o momento, a causa da morte não foi divulgada, assim como as informações sobre o sepultamento.

De acordo com as informações passadas ao G1 pelo irmão do cantor, Eduardo Moraes, o compositor foi encontrado já morto dentro de sua casa, no Rio de Janeiro. Ele ainda ressalta que sua família não sabe o que realmente ocorreu. Continuando, o irmão disse que o infeliz fato aconteceu na madrugada, quando a empregada do cantor foi limpar o apartamento e se deparou com ele morto. Moraes Moreira estava morando sozinho.

Trajetória

Antonio Carlos Moreira Pires nasceu na cidade de Ituaçu, localizada no interior da Bahia, no dia 8 de julho de 1947.

Seu contato com a música ocorreu através de uma sanfona de doze baixos, que tocou em um evento de São João ocorrido na sua vida. Durante a adolescência, o compositor começou a aprender violão, no mesmo momento que realizava o curso de Ciência na cidade de Caculé, localizado na região sudoeste da Bahia no ano de 1967.

Com apenas 19 anos de idade, Moraes se locomoveu para Salvador, começando seus estudos no Seminário de Música da Universidade Federal da Bahia. Foi lá onde o rapaz conheceu aqueles que seriam seus futuros companheiros no grupo que denominaram como Novos Baianos.

O cantor e compositor se tornou conhecido em todo o Brasil com o grupo formado por Luiz Galvão, Pepeu Gomes, Baby do Brasil e Paulinho Boca de Cantor. Com a parceria, eles foram os grandes responsáveis por um dos discursos mais lembrados da história da música brasileiro, chamado "Acabou Chorare" (1972).

Em sua carreira solo, que começou no ano de 1975, Moraes Moreira lançou incríveis 20 discos, se tornando conhecido pelo público com as músicas denominadas “Pombo Correio” e “Sintonia”.

Em tempos recentes de pandemia, o cantor chegou a usar toda sua criatividade para compor um cordel sobre o novo coronavírus. Durante os versos da canção, Moraes Moreira demonstra toda sua tensão e medo em cima da pandemia, não esquecendo dos tiros e balas perdidas que causam, de forma cotidiana, vítimas ao redor de todo o Brasil.

Em suas redes sociais, Moraes Moreira pedir a “aprovação” de seus seguidores, revelando sobre todos os medos em cima da pandemia do novo coronavírus.

A notícia da morte do cantor foi confirmado ao portal UOL pela assessoria de imprensa do grupo Novos Baianos. Como foi exposto acima, a causa da morte, até o momento, ainda não foi citada.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!