Durante uma entrevista concedida ao colunista Leo Dias, do UOL, a apresentadora Sabrina Sato afirmou que gostaria de se casar com Duda Nagle, pai de sua filha Zoe, na Marquês de Sapucaí. Apesar de terem uma filha juntos, os dois ainda não oficializaram a união.

Ao comentar a respeito do seu desejo, Sabrina afirmou que gostaria que o seu casamento acontecesse em um lugar público e aberto. Na ocasião, a apresentadora chegou a citar como opções a Sapucaí e também o Anhembi. De acordo com Sabrina, para ela isso seria maravilhoso, mas o casamento seria mais uma forma de celebrar o amor que sente por Duda e o fato de que esse foi o seu relacionamento mais duradouro.

Ainda durante a entrevista, Sabrina Sato também comentou que a sua vida sexual passou por uma série de mudanças após o nascimento de Zoe. De acordo com a apresentadora, muitas pessoas não falam sobre o assunto em questão, mas após uma gravidez é necessário um tempo até que as mulheres se redescubram do ponto de vista sexual. Segundo Sabrina, após o nascimento de Zoe, ela se sentia somente mãe.

Também durante a sua entrevista com Leo Dias, a apresentadora afirmou que a quarentena do novo coronavírus foi algo bastante positivo para o seu relacionamento com Duda Nagle. Sabrina ainda afirmou que os dois tomam vinho juntos, assistem filmes e passam o seu tempo juntos. Entretanto, Sabrina afirmou que engravidar durante o isolamento social é algo que ela não quer que aconteça.

Sabrina Sato comenta rotina na quarentena

Durante a sua entrevista com Leo Dias, Sabrina Sato chegou a comentar a respeito de outros pontos relativos ao isolamento social. A apresentadora está passando a quarentena acompanhada por Duda Nagle e Zoe, mas os seus pais também estão dividindo a cobertura de luxo em que o casal vive com eles.

De acordo com Sabrina, durante o isolamento social ela e sua família passaram por várias fases.

A sua primeira medida, entretanto, foi tentar juntar as pessoas que trabalham para ela e pensar maneiras de procurar ajudar durante a pandemia, especialmente usando o Instituto Sabrina Sato.

Porém, de acordo com a apresentadora, eles não souberam o que fazer nesse primeiro momento e demoraram uma semana para conseguir organizar quais seriam as medidas que tomariam e os locais em que fariam entrega.

Além disso, o tempo em questão foi necessário para que eles conseguissem doações com empresas de itens como produtos de higiene, álcool em gel e alimentos. Após essa organização, esses itens foram distribuídos para ONGs e hospitais de São Paulo.

De acordo com Sabrina Sato, ela não chegou a perder muitos contratos durante a quarentena, mas chegou a abrir mão de receber os valores que seriam pagos a ela.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!