O nome da cantora Anitta e do jornalista Leo Dias tem sido um dos mais comentados desde a semana passada, quando os dois travaram uma briga na internet. Após uma troca de farpas que se estendeu até está segunda-feira (25), veio a público a informação de que a poderosa teria entrado com um processo contra o jornalista na última quinta-feira (21), de acordo com a revista 'IstoÉ'.

Leo Dias x Anitta

Toda a situação começou quando o colunista do UOL noticiou que a mãe da cantora teria saído da casa da cantora por não concordar com o estilo de vida que a filha leva. A informação logo foi negada pela cantora, que publicou prints para comprovar que a mãe ainda estaria na casa.

O jornalista, por meio dos stories do Instagram, pediu que Anitta falasse a "verdade", pois, caso contrário, ele revelaria supostas verdades sobre a vida da cantora, e a acusando de praticar o que ele nomeou de "Candomblé do mal", o que fez com que Leo Dias fosse acusado por inúmeros internautas de intolerante religioso. Após a troca de farpas, o colunista anunciou que não pertencia mais ao UOL, mas logo apagou o tuíte, voltando atrás no anúncio.

Posteriormente a cantora explicou que a mãe havia saído de casa, revelando não saber da informação anteriormente. Porém, quando os dois pareciam ter estabelecido uma trégua, já que o jornalista anunciou que não falaria mais sobre a cantora, supostos áudios vazados da cantora começaram a circular pela web neste domingo (24), em que ela supostamente falava sobre Preta Gil manter um grupo de WhatsApp com Pabllo Vittar e Gominho para falar de outros Famosos, e ainda acusava a cantora de ter lhe instruído a não gravar um DVD com Cláudia Leite em 2014, pois, assim, se Anitta quisesse gravar com Ivete algum dia, não seria mais possível.

Anitta se posiciona

Os supostos áudios começaram a repercutir de forma negativa na internet, e a cantora logo veio a público esclarecer a situação, falando sobre os áudios, e acusando Leo Dias de ter chantageado ela durante anos, revelando ainda que ela teria servido de fonte para o jornalista em relação a notícias sobre outros famosos.

Na tarde desta segunda-feira (25) Leo Dias, por meio do seu Twitter, fez algumas revelações sobre a vida sexual da cantora, e também a acusou de ter servido como fonte para a matéria em que o jornalista apontou Marina Ruy Barbosa como o pivô do fim do casamento de José Loreto e Débora Nascimento.

Processo de Anitta

Após esta troca de farpas o processo contra o jornalista teria sido registrado na décima terceira Vara Cível do Rio de Janeiro, e como de costume, as informações do processo correm em segredo de justiça, que terá como juiz responsável Ledir Dias de Araújo.

Eduardo Ghiaroni Senna e Felipe Dias Curvelo de Oliveira estão representando a poderosa no processo jurídico.

Como o processo corre em segredo de justiça, não é possível ter acesso ao que teria motivado a ação, entretanto, no pedido que está disponibilizado publicamente no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) é possível entender que os advogados da poderosa solicitam uma "tutela antecipada", assim, o jornalista seria impedido de citar o nome da cantora em qualquer local, mesmo antes que o caso seja decidido.

Como o processo ainda não teve uma manifestação formal sobre o pedido da defesa de Anitta, ela só terá valor assim que uma decisão for sentenciada, por isso, o jornalista ainda não estava proibido de expor as conversas com a poderosa e relatar situações que supostamente viveu com ela da forma que fez nesta segunda-feira (25).

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!