O autor de novelas Walcyr Carrasco publicou um texto escrito por ele mesmo através de sua página no Instagram, no qual comentou a respeito da saída de Regina Duarte como secretária da Cultura do governo de Jair Bolsonaro, que aconteceu nesta quarta-feira (20).

Com uma imagem da ex-atriz junto ao texto, Walcyr chegou a questionar a mesma se para ela havia valido a pena, em referência ao fato de que Regina havia deixado a sua carreira como atriz para trás para se juntar ao governo atual do país, onde ela ficou poucos meses.

Na legenda da publicação Walcyr ainda aproveitou para poder comentar a respeito do momento atual vivido pela cultura no Brasil.

Críticas a Regina Duarte

Na legenda, Walcyr emitiu sua opinião a respeito do caso, no qual declarou que Regina havia sido demitida de seu cargo no governo após ter passado por um processo de "fritura" que veio do próprio governo da qual ela fazia parte.

O autor chegou a falar que a saída de Regina foi honrosa do governo, visto que agora ela ganhou um cargo para dirigir a Cinemateca.

Walcyr ainda destacou que a saída da ex-atriz era esperada e que ela nunca foi aceita de fato por muitos bolsonaristas. Na mensagem, o autor ainda destaca que não gostaria de defender Regina, depois de muito ter criticado a mesma, mas resolveu fazer um questionamento.

Em seguida, Walcyr questionou o fato de que Bolsonaro havia tirado Regina Duarte de um cargo que era dela há 50 anos na Rede Globo, para demiti-la rapidamente de seu governo.

Ele ainda ressaltou que todo empregador quando tira alguém de um lugar onde ele tem um compromisso, tem como obrigação manter a pessoa no lugar por um tempo, ao menos considerado como sendo razoável.

Ainda em seu texto, Walcyr citou o apoio que a ex-atriz deu para o atual governo e que ela até mesmo realizou várias campanhas a favor de Bolsonaro.

O autor relembrou que durante todo o momento de campanha para o atual governo, Regina havia mostrado desde o primeiro momento que o apoiava.

Carrasco ainda aproveitou para poder fazer algumas críticas ao governo, ao ressaltar que a demissão de Regina diz muito a respeito de como o governo atual do Brasil vem lidando com os compromissos, e acima de tudo com a lealdade com as pessoas que fazem parte dele.

Sem se esquecer do cargo que Regina ocupou na Rede Globo por 50 anos, Walcyr citou que ela havia deixado de lado sua carreira para enfrentar este cargo no governo.

O autor fez questão de destacar que a atriz havia destruído sua imagem e manchado sua carreira de sucesso como atriz ao longo dos anos.

A respeito do cargo que a atriz assumiria, Walcyr destacou que o mesmo não existe na Cinemateca e pediu por dignidade por parte de Regina Duarte, ao pedir que ela abra mão de qualquer cargo novo que venha a ser oferecido para ela agora ao deixar o governo.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!