A decisão da revista “Vogue” de ter usado em sua capa a top model Gisele Bündchen usando roupas de grifes, em que constavam ainda os dizeres “o novo normal” em meio à pandemia do novo coronavírus acabou não pegando nada bem para a revista. Esta atitude inclusive foi muito comentada recentemente e gerou muita controvérsia.

Além disso, a revista recebeu várias críticas em suas redes sociais a respeito da decisão em questão. Em meio as várias críticas que foram disparadas contra a revista, a blogueira de moda Lelê Santhana, de 19 anos, também resolveu se manifestar a respeito da atitude da revista, resolveu escrever uma carta aberta para tratar do assunto.

Carta aberta em vídeo que viralizou

No vídeo feito pela blogueira, Lelê considerou que a atitude da capa escolhida pela revista é inadmissível, e isso vindo da maior revista de moda do Brasil. Isso porque a revista resolveu usar uma imagem de Gisele Bündchen para poder representar o que consideravam como sendo o “novo normal”.

A blogueira ressaltou em sua crítica que acredita que a capa adotada pela revista não mostra nenhum tipo de referência de normalidade.

Ela ainda relembrou o fato de que no momento, devido à pandemia, muitas pessoas estão morrendo, e que enquanto existirem pessoas morrendo, os veículos de informação devem agir com uma maior responsabilidade e sensibilidade diante da situação atual do Brasil e do mundo.

A mensagem feita pela blogueira foi gravada através de um vídeo publicado no perfil do Instagram de seu site, o Portal das Modas.

Até o momento, o vídeo com a crítica à revista contou com mais de 300 mil visualizações na rede social, além dos vários elogios que ela conseguiu conquistar, até mesmo de celebridades que possuem um nome grande na moda, como, por exemplo Thalita Rebouças, Astrid Fontenelle, Carol Ribeiro, Alexandre Herchcovitch e Arlindo Grund.

A respeito do vídeo que foi feito, a blogueira ressalta que nunca imaginou que ele seria tão assistido pelas pessoas.

Ela ainda comentou que os Famosos que viram a publicação enviaram mensagens para ela e que ela com isso acabou conseguindo criar até mesmo um rede de apoio. "Sempre quis que ali houvesse um espaço para democratizar a moda, um espaço de denúncia e de busca por transformações genuínas que podem e devem acontecer", disse.

A blogueira de moda ainda comemorou que foi sempre muito fã do trabalho do estilista Herchcovitch, e que ficou feliz que a sua mensagem tenha chegado agora até ele.

Lelê comemorou a repercussão que a sua atitude teve, ao falar em uma entrevista para o site de notícias UOL.

Lele chegou a comentar que o vídeo não era sobre ela, mas sim sobre pessoas da indústria da moda que tiveram como um sonho em suas vidas trabalharem para a revista em questão.

A blogueira nasceu e foi criada em Salvador, e conta em sua mensagem que ela sempre teve o sonho de trabalhar para a Vogue, mas que viu a luz da revista se apagar com o passar dos anos. A blogueira ainda declarou a Vogue como sendo a Bíblia da moda, e para quem é interessado neste assunto ela sempre se mostrou como sendo o maior referencial no ramo.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!