Para os que sentiam saudade do timbre grave, pausado e indefectível de Cid Moreira [VIDEO], e estão passando por maus momento durante este período de quarentena, agora o jornalista lançou um novo podcast, o “Bom Dia, Cid”.

O programa matinal recém-lançado pelo jornalista e ex-apresentador do "Jornal Nacional" pode ser ouvido através da plataforma de músicas Deezer.

Todos os dias, através da plataforma, vai ao ar um episódio expresso que conta com três minutos de duração, onde são trazidas mensagens pessoais e reflexivas a respeito da vida do jornalista, que tem 92 anos de idade. Além disso, Cid também comenta em seu podcast a respeito do momento de isolamento social.

Os temas e os textos são criados e desenvolvidos pelo próprio jornalista, que conta coma ajuda de sua esposa, a também jornalista Fátima Sampaio, que garante algumas sugestões para o programa de Cid no Deezer.

Nos episódios que são publicados por Cid, alguns contam com algumas sabedorias a respeito da vida, e memórias pessoais do jornalista, como no episódio “Uma Aventura de Quando era Garoto”.

Em outros ele fala sobre esperança, como acontece em “Vai Passar”, por exemplo. Nos episódios Cid também fala a respeito de relações familiares, alguns bons pensamentos e a respeito da necessidade de se viver cada instante da vida como se ele fosse único.

Em resumo, o podcast diário do jornalista é uma espécie de auto-ajuda sonora, relaxante e clássica, que conta com diversos temas, e é claro, tudo isso sendo conduzido pela voz mais icônica da Televisão brasileira de todos os tempos.

Cid comenta 'retomada' da carreira

Diante do lançamento de seu novo podcast na plataforma musical, Cid deu uma entrevista para o site de notícias UOL na qual falou a respeito de várias questões, como Deus e o vínculo que mantém com a Rede Globo. "É um contrato que fiz de cinco anos, com opção de renovação por mais cinco. Quer dizer, se eu continuar respirando por mais cinco anos [risos]", disse.

O jornalista, em meio à entrevista, revelou que a ideia do podcast começou há três meses, quando ele conversou com Gabriel Lupi, o chefe de conteúdo da Deezer. Diante disso, ele propôs para o jornalista que eles criassem 36 gravações, e com isso eles chegaram a um acordo.

O jornalista ainda explica que estava trabalhando com Fátima neste último mês, e que, em meio às notícias ruins, ele recebeu este presente com o podcast.

Ao ser questionado em relação à sua voz, por ser conhecida por transmitir paz, Cid comenta que não sabe o motivo pela qual isso acontece, mas acredita que possa ser pelo fato de que ele tem uma voz pausada, trave e com inflexões.

Cid ainda foi questionado na entrevista a respeito dos temas abordados no podcast e que ele costuma sempre passar por Deus durante as gravações, e respondeu o motivo pela qual Deus se tornou tão presente em seu trabalho.

O jornalista declarou que acredita em Deus desde pequeno, e que por isso não acredita que tudo na Terra é aleatório e sem sentido, e que para ele existe um mestre que comanda tudo.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!