Na série "Aruanas", exibida pela Globo recentemente, a atriz Débora Falabella interpreta a personagem Natalie, uma jornalista que está em busca da verdade para conseguir auxiliar uma ONG de defesa da Amazônia. Na realidade, Débora está vendo a sua personagem se tornar potencializada devido ao momento político que o Brasil atravessa.

Isso acontece devido ao fato de que recentemente o presidente da República, Jair Bolsonaro, chegou a mandar um jornalista “calar a boca” depois de ser questionado sobre o número de mortes ligadas ao novo coronavírus no Brasil. Entretanto, a personagem da atriz em "Aruanas" deixa claro que o papel do jornalismo é exatamente “cutucar feridas”.

Durante uma entrevista ao UOL, Débora Falabella chegou a declarar que os brasileiros precisam perceber que estão lidando com algo que destoa da normalidade. Para a atriz, desde o início do governo de Jair Bolsonaro as pessoas pareciam tratá-lo de uma forma normal, como se o presidente fosse apenas uma pessoa que fala algumas coisas absurdas.

Entretanto, para Débora, Bolsonaro não deve ser tratado dessa forma por se tratar de um "lunático" e alguém que age dessa maneira há muito tempo. Para a atriz, a postura do governo federal frente a pandemia só reforçou aquilo que ela já sabia a respeito dele.

Ao comentar a respeito dos fatos destacados, Débora Falabella chegou a afirmar que se sente muito triste por ver o que está acontecendo agora no Brasil e destacou que a situação está difícil para o mundo de uma maneira geral.

Porém, para ela, as coisas que se ouve no país são motivos para vergonha e são absurdas.

Ainda falando sobre isso, Débora destacou que não dá mais para fingir normalidade diante dessa situação e da gestão de Bolsonaro, visto que enquanto todos lutam para defender a vida, o presidente fecha os olhos para a situação e tenta atacar as pessoas que estão promovendo esse tipo de defesa.

Débora Falabella fala sobre personagem em 'Aruanas'

Também durante a entrevista ao UOL, a atriz comentou a respeito da sua pesquisa para compor Natalie, a sua personagem em "Aruanas". Ao falar sobre o assunto, ela destacou que chegou a visitar a Amazônia e também a conversar com ativistas da vida real, algo que desempenhou um papel transformador na sua vida.

Ainda comentando sobre a sua preparação, Débora Falabella afirmou que tudo se iniciou com o Greenpeace e que ela e os demais atores tiveram o mesmo tipo de preparação do que as pessoas que se tornam ativistas do grupo destacado. Isso foi algo que mudou a sua vida, visto que ela sempre achou o trabalho do grupo incrível, mas ao conhecer e conversar com as pessoas que estão envolvidas, ela passou a perceber os integrantes do grupo como verdadeiros heróis.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!