Clara Aguiar se tornou famosa por participar da 14ª edição do "Big Brother Brasil". Um fator que contribuiu para essa fama foi o fato de que ela foi a protagonista do único romance lésbico em todas as edições do programa exibido pela Globo. Entretanto, poucas pessoas se lembram da profissão de Clara antes do confinamento.

De acordo com informações do UOL, a ex-BBB era DJ e também trabalhava como camgirl –profissão que ela continua exercendo. O termo em questão serve para se referir às mulheres que trabalham em salas de bate-papo e se exibem para as câmeras.

Durante uma entrevista concedida ao site citado, Clara Aguiar afirmou que já não passa mais tanto tempo online.

Entretanto, ela revelou que percebeu um aumento em seu público após a pandemia do novo coronavírus, visto que muitas pessoas estão em quarentena.

Falando sobre o assunto em questão, Clara destacou que uma possibilidade para esse aumento está ligada à carência que as pessoas estão sentindo agora, em especial as que vivem sozinhas e, portanto, estão passando o isolamento social sem companhia. De acordo com ela, a sua clientela não conta somente com homens atualmente, mas também com mulher. A ex-BBB ainda revelou que tem feito mais dinheiro durante a pandemia.

Clara Aguiar revela detalhes da profissão

Ainda segundo o UOL, Clara Aguiar revelou que nem sempre os seus clientes estão procurando por estímulos sexuais quando entram nas salas em questão.

Assim, tudo depende do grau de esforço e do profissionalismo que uma camgirl está disposta a empregar para conseguir se dar bem nesse segmento.

De acordo com Clara, as profissionais que mais faturam nesse ramo passam um tempo observando a pessoa que está do outro lado da câmera e não necessariamente tirando a roupa.

Para ela, a atuação de uma camgirl é similar a de uma psicóloga, visto que muitos clientes acabam entrando nas salas para perguntar como foi o dia ou mesmo para contar a respeito de dramas pessoais de suas vidas.

Portanto, uma camgirl que sabe dar conselhos e conversar para criar laços com os seus clientes é aquela que vai ganhar mais dinheiro.

De acordo com o UOL, Clara exerce a profissão citada há 14 anos e afirma que antigamente ela somente aparecia em sites internacionais, sendo bastante focada e conseguindo lucrar bastante.

Ainda durante a sua entrevista, Clara afirmou que é possível viver como camgirl, visto que em um mês lucrativo algumas profissionais conseguem ganhar até R$ 12 mil. Entretanto, é possível conseguir lucrar entre R$ 3 e R$ 4 mil mensalmente e com dedicação, existem algumas camgirls lucram R$ 25 mil.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!