Atualmente, o "Encontro", com Fátima Bernardes, é um dos poucos programas da Globo a veicular conteúdo inédito, uma vez que a emissora carioca tomou a decisão de suspender grande parte das suas gravações para evitar a propagação do novo coronavírus. Devido aos fatos destacados, a partir do dia 25 de maio, Fátima Bernardes ganhará mais tempo no ar.

Segundo informações do jornal O Tempo, isso acontecerá porque o programa "Combate o Coronavírus" foi cancelado pela emissora. Apresentado pelo jornalista Márcio Gomes, o programa em questão terá a sua última exibição na próxima sexta-feira (22) e, posteriormente, o seu espaço será usado para ampliar o tempo do "Encontro" no ar.

Ainda de acordo com o site citado, é possível afirmar que a mudança em questão fará com que o programa de Fátima Bernardes entre no ar às 10h, ao invés de às 10h45, como vinha acontecendo. Além disso, O Tempo ainda informou que a atração contará com o retorno do quadro Bem Estar e do G1 em 1 minuto.

Para além dos fatos destacados, ainda se mostra válido pontuar que após a reformulação em questão o "Encontro" passará a contar com mais quadros de humor. Todas as informações citadas até o presente momento foram divulgadas também pela jornalista Patrícia Kogut, do O Globo.

Mostra-se válido ainda pontuar que todas as entrevistas feitas por Fátima ao longo do seu programa continuarão a ser realizadas de maneira remota.

Ana Maria Braga, que vinha participando do Encontro com um segmento de receitas, também continuará no programa após a reformulação.

'Combate ao Coronavírus' foi criado às pressas

Segundo informações do site O Tempo, o programa "Combate ao Coronavírus" foi criado às presas pela Globo para preencher a sua grade de horários após a interrupção das gravações de suas atrações.

Portanto, em menos de 48 horas, o jornalístico apresentador por Márcio Gomes foi colocado no ar.

É possível afirmar que, ao todo, o programa chegou a receber mais de 50 mil perguntas de internautas a respeito da Covid-19 e cerca de 800 delas foram lidas pelo apresentador durante a curta duração do programa.

Ao todo, mais de 60 médicos passaram pelos estúdios da Globo para responder às perguntas em questão e o "Combate ao Coronavírus" chegou a passar mais de 70 horas no ar desde 17 de março, ocasião em que ocorreu a sua estreia na emissora carioca.

Ao falar a respeito do cancelamento o programa, Marcio Gomes afirmou que é sempre bom lembrar que a informação, quando levada ao público com qualidade, é algo poderoso, em especial quando se atravessa um momento de crise. De acordo com o apresentador, esse tipo de situação faz com que as pessoas voltem a sua atenção para quem produz jornalismo sério e que está interessado em informar de forma segura.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!