O ex-BBB Juliano Laham havia seguido todas as orientações que foram feitas pelas autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS) para lidar com a pandemia do coronavírus. Diante disso, ele ficou mais de um mês em isolamento social em sua casa e saiu apenas para poder realizar as compras de mercado necessárias.

Mesmo tomando todos os cuidados que são necessários para evitar o contágio da doença, o ator ainda acabou passando por momentos graves, após ele começar a sentir falta de ar, dores pelo corpo e até mesmo chegou a vomitar sangue.

Após isso, ao ir para o hospital, o ator foi diagnosticado com coronavírus.

Antes do exame final que confirmou a doença, ele havia feito outros exames que deram negativo para o vírus.

Juliano Laham pede que as pessoas se cuidem

O site de notícias UOL conversou com o ator, que participou de “Malhação” e “Orgulho e Paixão”, além de ter ficado conhecido por sua passagem pelo "BBB16".

Durante a entrevista, ele conta que não imagina como pode ter pegado a doença, visto que ele estava de quarentena e que estava realizando todos os procedimentos necessários para evitar o contágio da doença. Apesar disso, ele enfatiza que isso não é o mais importante neste momento. "O que posso dizer é que todo cuidado é pouco", disse, com a voz embargada.

A respeito dos cuidados para evitar o contágio com a doença, Laham garante que para ele a sua linha de raciocínio é que neste momento é preciso pecar pelo excesso de cuidados do que pela falta de cuidados.

A respeito da forma como ele acabou sendo contaminado, mesmo tendo tomado todos os cuidados necessários para evitar, o ator acredita que pode ter acontecido em momentos em que ele precisou ir ao supermercado, ou através do recebimento de alguma encomenda em sua casa, e que ele pode ter tocado em algo, e que, com isso, ele pode ter se contaminado com a doença.

O ator garante que desde o começo está seguindo todas as orientações da OMS e recomenda que todos os produtos que chegarem em casa passem por uma limpeza, e que também é preciso sempre usar máscara e álcool em gel para evitar o contágio da doença.

O ator passou vários dias internado na UTI de um hospital, e, após receber alta, garantiu que, apesar do medo, ele procurou a todo momento não perder a sua fé durante a dificuldade que passou.

Em conversa com o UOL, Laham falou sobre sua experiência com a doença e garantiu que é assustador, e que o vírus está matando muitas pessoas, independentemente da faixa etária. Ele ainda ressaltou que qualquer pessoa que fique no estado de saúde que ele ficou, sentirá medo.

Juliano, após sair do hospital, relatou que 70% do seu pulmão foi acometido pelo vírus durante o período de internação. Ele ainda durante o momento em que esteve internado desenvolveu também um quadro de miocardite viral, que ele já havia tido dois anos atrás. Agora fora do hospital, ele está se recuperando em casa, mas vem mantendo a distância de seus familiares neste momento.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!