O colunista Leo Dias se envolveu em uma polêmica com a funkeira Anitta durante a semana. Tudo começou quando, na última quarta-feira (20), o jornalista foi até uma de suas contas em uma rede social (Instagram) e fez algumas postagens bastante polêmicas a respeito de uma religião de origem africana que é a praticada pela cantora. E o desenrolar desta história polêmica está sendo contada logo abaixo. Devido a essa polêmica com a artista, ele veio em sua rede social novamente nesta quinta-feira (21) para dar a notícia de que não irá mais trabalhar para o portal de notícias UOL. Pouco depois, ele apagou o post.

Polêmica envolvendo Anitta e Leo Dias

Como dito no trecho acima, Leo Dias usou algumas expressões sobre a religião do Candomblé que foram motivo de muita confusão. Na publicação que gerou toda a confusão na última quarta-feira (20), ele tratou da religião de matriz africana como: "Candomblé vegano" e "Candomblé do mal". Após o uso dessas expressões de cunho duvidoso quanto a ser pejorativo ou não, o site de notícias Universa (que também pertence ao grupo UOL), publicou uma reportagem que repercutiu e deu ênfase às acusações de que o colunista sofreu na internet, sendo tratado como intolerância religiosa. A reportagem ainda deu uma explicação de porque o termo usado pelo jornalista, "Candomblé do mal", não existe.

Vale lembrar que Leo Dias usou essa expressão quando publica um vídeo para atacar a cantora e funkeira Anitta. Essa publicação do portal de notícias provocou a ira do jornalista, que foi ao seu Instagram nesta quinta-feira, visivelmente nervoso e bastante exaltado.

Leo Dias ataca publicação da Universa

Leo Dias fez duras críticas ao tipo de jornalismo do portal e procurou fazer a sua defesa sobre as acusações.

Ele afirmou que possui alguns familiares que praticam essa religião de origem africana e, por isso, afirmou novamente: "...existe sim, 'Candomblé do mal". Muito exaltado ele fez ameaças de que processaria o portal de notícias UOL. Um fato bastante curioso que muitos perceberam, é que ele teceu críticas ao local por onde trabalhava, dizendo que o UOL teria que ligar para ele primeiramente para saber da história e que ao invés de tomarem esta atitude, resolveram "publicar essas baboseiras". "Agora, processar, eu vou processar", disse.

Um pouco depois daquele momento de fúria, ele entrou em sua conta no Twitter para avisar que não faria mais parte do portal de notícias UOL, e ainda agradeceu a todos os seus leitores pelo apoio e confiança e finalizou dizendo que novos rumos o aguardavam em breve: "Fiquem com Deus e uma boa semana", disse.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Anitta
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!