No último final de semana, vários artistas, produtores de cultura e intelectuais organizaram um manifesto contra a atual secretária de cultura, a atriz Regina Duarte. Há cerca de dois meses Regina se juntou a gestão do presidente da República, Jair Bolsonaro, e, desde então, tem gerado uma série de polêmicas com a classe artística devido aos seus posicionamentos.

De acordo com informações do site NaTelinha, a lista completa dos profissionais que assinaram o manifesto em questão pode ser encontrada em vários portais de notícia atualmente. Entre os nomes presentes nas assinaturas, é possível destacar vários ex-colegas de Regina Duarte.

É possível afirmar que ainda na última semana, a atual secretária de Cultura causou muita polêmica devido a uma entrevista concedida à emissora CNN Brasil. Na ocasião, ela chegou a tratar com descaso as torturas ocorridas durante o período da Ditadura Militar e cantou uma marchinha que se tornou símbolo ufanista da época.

Foi também durante essa entrevista que Regina Duarte se recusou a ouvir as críticas feitas pela atriz Maitê Proença, que apareceu através de uma chamada de vídeo para questionar a sua atuação na Secretaria Especial de Cultura. Após a aparição da atriz, Regina Duarte interrompeu a entrevista e discutiu com os jornalistas. Além disso, ela chegou a admitir que estava “dando chilique”.

Classe artística reage às declarações de Regina Duarte

Após os fatos destacados, toda a classe artística brasileira reagiu às falas de Regina Duarte e demonstrou a sua desaprovação com a postura da ex-atriz.

Sem dúvidas, o ponto mais repudiado de toda a entrevista à CNN Brasil está ligado ao ponto de vista da secretária de Cultura sobre a ditadura militar.

Entretanto, uma série de críticas às posturas de Regina Duarte desde que passou a ocupar um cargo na gestão de Bolsonaro também foram pontuadas.

Entre essas posturas é possível destacar o fato de que a ex-atriz sequer comentou sobre alguns falecimentos importantes para o campo da cultura nos últimos dias. Entre eles, destacam-se o compositor Aldir Blanc, o cantor Moraes Moreira e o ator Flávio Migliaccio.

De acordo com o NaTelinha, o manifesto dos artistas foi divulgado ainda no último sábado (09), e contou com a assinatura de várias pessoas que foram colegas de Regina Duarte durante a sua carreira como atriz. Entre os nomes presentes na carta em questão é possível destacar Camila Pitanga, Andréa Beltrão, Daniel Filho, Adriana Esteves, Regina Braga, Renata Sorrah, Vladmir Brichta, Alinne Moraes, Julia Lemmertz, Marieta Severo, Selton Mello, Malu Mader, Marcelo Serrado, Zezé Motta, Débora Bloch, Patrícia Pillar e Débora Fallabela.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!