A atriz Bruna Marquezine foi uma das artistas que resolveu se pronunciar a respeito do triste caso da morte do garoto João Pedro Mattos Pinto.

O adolescente, de apenas 14 anos, foi baleado durante uma operação da polícia em uma comunidade do Rio de Janeiro e levado pelos policiais no momento.

O corpo do jovem foi encontrado posteriormente depois de várias campanhas e pedidos que foram feitos através das redes sociais.

O caso repercutiu nacionalmente, e nas redes sociais muitos Famosos comentaram a respeito do assunto e demonstraram apoio.

Bruna presta homenagem a João Pedro

Através de sua página oficial do Instagram, Bruna publicou uma nota que foi feita por Neilton Pinto, pai de João Pedro.

Na nota, o pai do adolescente de 14 anos inicia sua fala direcionada para o governador do estado do Rio de Janeiro, e em seguida diz que a polícia não matou apenas o jovem, que tinha sonhos e projetos para sua vida, mas que matou também uma família inteira, o pai, a mãe e uma irmã.

Após publicar o longo texto escrito pelo pai do jovem morto e repudiar o que aconteceu com João Pedro, Bruna passou a ser alvo de comentários dos seguidores na rede social.

Um dos seguidores da atriz questionou seu posicionamento alegando que nunca havia visto ela subindo um morro no Rio de Janeiro ou até mesmo fazendo uma doação milionária de cestas básicas para locais como Cantagalo ou Rocinha.

O seguidor então disparou que não poderia julgar muito por ambos serem brancos e privilegiados, mas que não conseguia compreender o motivo de Bruna publicar tanto a respeito do assunto se ela nunca havia ido até uma favela para ajudar as pessoas de fato com isso.

A atriz não se calou diante do comentário a criticando e respondeu o seguidor pelo seu posicionamento nos comentários. “Porque eu não sabia que eu precisava registrar ou mostrar os comprovantes para você”, disparou a atriz.

O seguidor então continuou a discussão com a atriz, quando declarou que concordava com ela, mas discordava do fato de que "a polícia é do governador do estado".

O usuário ainda disparou que a polícia que atirou no jovem é a mesma que protegia o condomínio fechado de Bruna e que a culpa é do despreparo policial, e não do governador do estado.

Para finalizar a discussão, Bruna não concordou com o que foi dito pelo usuário e afirmou que a segurança do condomínio onde ela mora é feita através de uma empresa terceirizada de segurança e que não é a polícia quem protege o local onde ela mora, como foi afirmado pelo usuário.

Após isso, a atriz não respondeu mais o usuário na rede social a respeito do assunto.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!