Quando o SBT anunciou que iria reprisar a novela "O Que A Vida Me Roubou" em sua programação vespertina, muitos fãs de Novelas mexicanas não ficaram satisfeitos com a notícia, pois queriam que uma novela inédita fosse exibida. No entanto, o que parecia uma decisão equivocada num primeiro momento, até pelos resultados de audiência dos primeiros capítulos, que foram bem abaixo do esperado, se mostrou uma boa alternativa a longo prazo, já que o folhetim vem se recuperando lentamente na audiência e ficando dentro da meta estabelecida pela emissora.

Na última quinta-feira (28), dia mais recente em que as audiência do Ibope foram disponibilizadas, a novela empatou na audiência com a outra trama exibida, a inédita "Betty, A Feia em Nova York".

Os dois folhetins conseguiram alcançar 6,2 pontos de audiência na Grande São Paulo, segundo dados consolidados do Ibope. Para se ter uma ideia de como este é um bom resultado, a atração do SBT que teve melhor desempenho antes da exibição de "O Que A Vida Me Roubou", foi o infantil "Bom Dia e Cia", que marcou apenas 4,9 pontos. O "Triturando", exibido imediatamente antes da novela, marcou apenas 4,1 pontos, o que indica que a trama de Angelique Boyer e Sebastián Rulli conseguiu elevar 2,1 pontos.

No entanto, mesmo com os bons resultados em audiência, o SBT não está poupando a novela dos cortes. Até por se tratar de uma reprise de uma novela exibida recentemente, a emissora vem editando os capítulos e acelerando a exibição da novela.

O capítulo exibido na última sexta-feira (29/05), foi o de número 30 na contagem do SBT, porém, na edição original da Televisa foi exibido os 20 minutos finais do capítulo 44, o capítulo 45 completo e os 15 minutos iniciais do capítulo 46.

SBT não colocará jornal no fim de tarde

Ao que parece, pelo menos por enquanto, o SBT não pretende alterar sua grade de programação com o fim de "Betty, A Feia em Nova York", o que deve acontecer no mês de julho.

Recentemente, começaram a surgir alguns rumores de que o SBT teria a intenção de estrear um novo telejornal no fim de tarde, o que provavelmente aconteceria após o fim da novela.

Porém, recentemente, o jornalista Flávio Ricco, do UOL, noticiou que não existe nenhum plano para que isso aconteça, pelo menos não num futuro próximo.

E os planos não existem somente para um telejornal no fim de tarde, mas sim para qualquer horário em sua programação.

Não se sabe se por efeito da crise econômica, mas a emissora não deve fazer grandes investimentos na área do jornalismo por enquanto.

Com a ideia do telejornal abortada, e se o SBT não alterar sua programação, uma nova novela deve substituir "Betty" em breve.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!