No último domingo (10), o ator e humorista Paulo Vieira aproveitou a transmissão ao vivo do cantor Roberto Carlos para contar uma história pessoal que envolve o Rei. Na ocasião, ele revelou que chegou a pegar uma rosa do cantor para entregar para a mãe. Entretanto, a ocasião citada contou com uma confusão.

Ao contar a história em questão, Paulo Vieira revelou que ela aconteceu quando ele ainda era criança. À época, Roberto Carlos chegou a fazer um show gratuito em uma praça da cidade de Palmas, localizada em Tocantins, onde ele vivia no período em questão.

Devido aos fatos destacados, ele e sua mãe deixaram o bairro em que viviam debaixo de sol para conseguir chegar mais cedo do que as demais pessoas e ficar na grade próxima ao palco, tendo uma visão privilegiada da apresentação.

Ainda durante o seu relato, Paulo Vieira afirmou que ele deixou a sua casa pensando que pegaria uma das rosas jogadas por Roberto Carlos para dar de presente para a mãe. De acordo com ele, a sua ideia era conseguir pegar a flor enquanto ela ainda estava “no ar”. Em tom de piada, o apresentador afirmou que ele fazia parte da “geração Xuxa” e acreditava em “querer, poder e conseguir”.

Paulo Vieira relata história trágica com tons de comédia

A partir desse ponto da narrativa, a história do humorista acabou adquirindo contornos de uma verdadeira tragédia, mas daquelas que possuem alguns elementos cômicos. De acordo com Paulo Vieira, ele conseguiu pegar a flor para dar de presente para a sua mãe, mas ao se virar para ela, uma surpresa desagradável aconteceu.

Segundo o humorista, ele estava perto de umas mulheres que pertenciam a um fã clube de Roberto Carlos que havia ido do Maranhão para Palma somente para o show. Então, as mulheres acabaram “avançando” nele e tomando a flor das suas mãos. Ao ver o que aconteceu com o filho, a mãe de Paulo Vieira acabou partindo para cima das mulheres e a situação se transformou em uma verdadeira confusão.

Então, o humorista relatou que até mesmo a pipoca que estava em suas mãos saiu “voando” com toda a confusão, mas a flor acabou voltando para a sua família. Porém, a partir do momento em que isso acontece, um cadeirante tentou atropelar a sua mãe afirmando que Roberto Carlos havia jogado a flor especialmente para ele.

Na sequência, Paulo Vieira revelou que todo o tumulto entre a sua mãe e o fã clube somente terminou quando a rosa acabou virando um “suco”.

De acordo com ele, quando sua mãe abriu a mão para ver a flor, somente duas pétalas ainda estavam nela, além de uma parte dos cabelos de alguma das mulheres envolvidas na briga.

Terminando o seu relato, o humorista afirmou que amava a sua mãe e também Roberto Carlos. Posteriormente, ele destacou que gostaria de fazer uma proposta de paz ao fã clube do Maranhão.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!