Gabriel Matos, diretor de criação do site BuzzFeed, acionou a Justiça contra o ex-participante do “Big Brother Brasil 20” Pyong Lee e pede a quantia de R$ 1,5 milhão. Matos acusou o hipnólogo de estimular ataques de ódio contra ele através das redes sociais, o que teria causado graves danos na vida pessoal e financeira do diretor.

Depois disso, em uma liminar, o juiz Marcelo Augusto Oliveira decidiu por indeferir o pedido de tutela antecipada, que havia sido feito por Gabriel Matos.

Toda essa polêmica envolvendo o diretor de criação do BuzzFeed e o ex-BBB teve início no dia 14 de abril, quando o diretor postou algumas mensagens no Twitter, onde mencionava a família de Pyong Lee.

Em um desses tuítes, o diretor afirmou que, após a saída da sister Gizelly, e com a falta de um paredão formado, ele teria que se dedicar a seu hobby: “zuar a família do Pyong”. Em outro, Matos disse que estava “mais largado que o filho do Pyong”. Na época desse posts, vale ressaltar que o hipnólogo já havia sido eliminado do “BBB20”.

Matos afirma que não pretendia ofender Pyong Lee

No processo, os advogados de Gabriel Matos afirmaram que o diretor apenas repostou em sua rede social memes e piadas que já circulavam na web sobre o ex-BBB. E mais, eles ainda ressaltam que em sua página no Twitter, Matos sempre fez postagens em tom de humor.

Agora, na ação, o diretor acusa o hipnólogo de ter reagido de uma forma desproporcional às publicações e, inclusive, acusam o ex-brother por ameaças que Gabriel Matos e pessoas próximas a ele andam recebendo desde então.

Para provar as ameaças, os advogados de Gabriel apresentaram na Justiça prints de ameaças e insultos que foram feitas ao diretor por seguidores do ex-BBB.

Advogados de Matos se pronunciam

Procurado pelo site UOL, o jurídico do diretor enviou um comunicado onde falou sobre o processo judicial. Eles afirmam que no dia 16 de abril, o hipnólogo mobilizou seus seguidores das redes sociais pedindo a demissão de Gabriel Matos de um veículo de imprensa, o que teria causado diversos danos ao diretor que, segundo eles, desde então anda sofrendo ameaças de morte e violência, e isso teria trazido danos financeiros e emocionais a Gabriel Matos.

Ex-BBB ameaça processar Matos

No dia 16 de abril, Pyong Lee se pronunciou nas redes sociais afirmando que iria acionar a Justiça contra Matos. Na ocasião, ao falar de pessoas que pretendia processar, o ex-BBB teria dito: “o primeiro será o Sukita [apelido de Matos]”.

Um dia depois disso, no dia 17, Pyong voltou a se pronunciar sobre o assunto nas redes sociais, alegando ter se visto na posição de contratar advogados para tomar medidas judiciais contra pessoas que estavam atacando sua honra e de sua família.

E mais, o hipnólogo afirmou ainda que até seu filho recém-nascido estava sofrendo agressões e ameaças. “verdadeiro linchamento digital”, disse Pyong Lee.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!