A influenciadora digital e esposa do ex-BBB Pyong Lee, Sammy, acabou se tornando alvo de uma grande polêmica nas redes sociais devido a um concurso de um carro zero que foi promovido por ela através do Instagram. A situação aponta que Sammy passou a ser acusada de ter fraudado o resultado final do sorteio que foi feito de forma virtual.

Isso porque, aparentemente, o concurso em questão teve sérias alterações em relação ao seu regulamento e isso acabou deixando com que as pessoas que estavam participando do concurso ficassem confusas com a novidade a respeito do novo regulamento que foi apontado pela influenciadora digital depois que o concurso já havia sido anunciado por ela na rede social.

Suposta injustiça no concurso

De acordo com o que foi apontado pela internauta Giselly Laiure, de 20 anos, ela alega que acabou sendo lesada pela organização do concurso de Sammy Lee e que, na realidade, quem havia vencido o concurso seria ela e não a pessoa que foi apontada pela influenciadora digital que seria a ganhadora de fato.

O anúncio do concurso, que ira sortear um carro zero, foi feito no mês de maio por Sammy Lee nas redes sociais. O carro que seria sorteado no concurso era um Renault Kwid.

A promoção que foi organizada por Sammy Lee na rede social contou com a autorização e certificação da Secap (Secretaria de Avaliação de Política Públicas, Planejamento, Energia e Loteria), pertencente ao Ministério da Economia.

De acordo com o que era apontado no regulamento do concurso, a empresa Quasar Treinamentos e Eventos, é a que aparece como sendo mandatária do sorteio.

O ex-BBB, marido da influenciadora digital, é o apontado como sendo um dos fundadores do estabelecimento que aparece sendo como mandatário do concurso de Sammy.

A empresa de Pyong atua com capacitação em hipnoterapia. A promoção era válida para todo território nacional e foi totalmente feita pelo Instagram.

Para poder participar do concurso promovido por Sammy era necessário apenas ter 18 anos de idade e seguir algumas regras que foram apontadas por ela. A página da pessoa interessada em participar do concurso deveria ficar aberta ao público e os internautas deveriam seguir também outros 55 parceiros que faziam parte da ação que entregaria o carro zero para o vencedor.

Ao que tudo indica, uma confusão que envolvia os organizadores da promoção mudou o regulamento do concurso. No dia 9 de junho, de acordo com um documento, a Quasar Treinamentos e Eventos informou a mudança, que tirava um dos perfis parceiros do sorteio. Após isso, foi adicionada no regulamento uma outra página, que levava o nome de Sammy no lugar do perfil retirado.

Outra questão foi o fato de que a data do sorteio acabou mudando também. Ao que tudo indica, os números que foram anotados em uma planilha para o sorteio também sofreram com alteração e Giselly Laiure, que se sentiu lesada pela ação, alega que prestou um boletim de ocorrência em relação ao concurso na 4ª Delegacia de Polícia de Joinville, em Santa Catarina.

Outro lado

Segundo o site Notícias da TV, que entrou em contato com a Quasar Treinamentos e Eventos, a empresa confirmou as alterações no regulamento, mas afirma que tudo foi conferido pela Secap "para garantir a segurança dos dados". Sobre a suposta alteração na ordem dos números da sorte, a Quasar diz: "o que pode ter ocorrido junto a esta participante é o download de um arquivo inválido que detinha erro de junção".

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!