Foi homologado um acordo judicial pela atriz e cantora Larissa Manoela, que se comprometeu a pagar o valor de R$ 26 mil, a título de honorários, para a jornalista Fabíola Reipert. A atriz acabou sendo derrotada em uma ação que foi movida contra a apresentadora da Record TV.

De acordo com o que foi concluído pela Justiça no processo, Fabíola não havia cometido nenhum tipo de dano moral ao insinuar uma gravidez de Larissa, que, na época, tinha 14 anos.

Os honorários são destinados aos advogados de Reipert, que estavam no caso.

Processo aberto em 2016

O processo foi aberto contra Reipert em 2016, pelos pais de Larissa, que na época ainda era menor de idade.

Na época, foi pedido por parte deles que a apresentadora pagasse um valor de R$ 200 mil. O pedido agora foi não só negado pela Justiça, como também Larissa é quem precisará pagar um valor para os advogados de Fabíola.

O texto que acabou gerando esta disputa judicial entre a apresentadora e a atriz foi publicado por Reipert através no portal da emissora no dia 16 de novembro de 2015.

A nota que foi publicada pela jornalista contava com um título que apontava que Larissa havia sido vista junto com o filho de Leonardo e ressaltava a respeito de um boato em relação a uma possível gravidez da atriz.

Na nota em questão, Reipert alegava que a atriz estava sendo vista na companhia de João Guilherme, filho do cantor Leonardo.

Além disso, a jornalista ressaltou na publicação que alguns rumores indicavam que Larissa estaria gravida, devido uma barriga saliente que foi apontada pela jornalista. No entanto, na época em que os comentários foram feitos, a atriz havia negado que estivesse de fato gravida. Logo depois, o texto foi retirado do ar.

Ao longo do processo jurídico em que as duas entraram nos últimos anos, Larissa acusou Fabíola de ter promovido sensacionalismo com as notícias falsas sobre ela.

No processo é informado que a jornalista tinha intenção de atingir a cantora e atriz, por ter divulgada uma notícia totalmente falsa a respeito de sua vida pessoal, alegando que aos 14 anos ela poderia estar grávida.

Na ação, também foram citadas outras notas publicadas pela jornalista, na qual ela havia falado a respeito de Larissa, chegando a chamá-la de "toda mimadinha" e também relatando que ela passou a ser alvo de piadas nos corredores do SBT, onde a atriz trabalhava na época em que tudo aconteceu entre ela e a jornalista.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!