Na noite desta última quarta-feira (3) o cantor MC Livinho resolveu se pronunciar a respeito de uma polêmica envolvendo o seu nome que vem tomando as redes sociais.

Isso porque ele foi acusado de ter cometido racismo com a dançarina Raielli Leon, que trabalhou para o cantor. O momento que foi relatado pela dançarina aconteceu durante a gravação de um clipe, ocorrido em novembro de 2017. Ela relatou que os episódios de racismo que foram enfrentados por ela aconteceram durante os momentos de gravação.

O cantor, no entanto, alega que a atitude que foi tomada por ele no momento, na realidade, foi uma brincadeira.

Ele ainda apontou que Raielli, na realidade, interpretou mal o que ele garante que foi uma brincadeira, por mais que a dançarina tenha apontado que foi um ato de racismo por parte do mesmo.

Além disso, o cantor se defendeu, e negou que tenha feito qualquer tipo de comentário sobre o cabelo da dançarina. Livinho ainda declarou que tem a intenção agora de processar a dançarina por calúnia.

Livinho admite 'brincadeira' e ameaça processo

A declaração feita pelo cantor aconteceu através de seu perfil no Instagram, na função stories da rede social. Ele iniciou os vídeos pedindo desculpas pelo acontecimento e, logo em seguida, explicou que apareceu para poder se retratar a respeito dos acontecimentos de 2017.

Ele ainda relata no momento que Raielli se sentiu ofendida por uma ‘brincadeira’ que foi feita com ela, que ele justifica como sendo uma forma dele de interagir com a dançarina e se aproximar, porque notou que ela estaria triste no momento.

O cantor ainda se justificou falando que ele queria pular junto com a dançarina no final da gravação, na piscina do local, e que a sua intenção com ela foi apenas de uma aproximação dos dois.

Ele conta que percebeu que a dançarina estava quieta, e que tentou animá-la, fazendo o que, ele alega, ser apenas uma brincadeira, por mais que Raielli tenha apontado que foi uma atitude racista da parte do cantor com ela, e não se mostrou contente com o fato.

Logo em seguida, o cantor alega que teria se desculpado com ela no dia do acontecimento. Ele conta que foi apenas uma brincadeira, e que a dançarina acabou interpretando de uma forma diferente, de acordo com o cantor.

Livinho ainda se explicou dizendo que pediria desculpas a ela na época caso fosse apontado isso, da mesma forma como ele foi ao Instagram da dançarina pedir desculpas pelo ocorrido, agora que veio à tona.

O cantor ainda garantiu que não é racista e que luta pela causa.

Diante da situação, Livinho ainda mostrou uma conversa que havia tido com Raielli nas redes sociais. O cantor, porém, ponderou alegando que não precisava ter sido desta forma para ela "se aparecer" e que o sucesso dela iria chegar, porque ela tem talento.

O cantor, porém, confirmou que havia feito o que foi relatado pela dançarina, de esconder um celular e um anel no cabelo dela e que também tentou empurrá-la na piscina. Ao final, o cantor alegou que agora está em paz, mas que pretende entrar com um processo contra a dançarina.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!