Luisa Mell afirmou que quer realmente ajudar Mirtes Renata, mãe de Miguel Otávio, que tinha apenas 5 anos e veio a falecer nesta quinta-feira (4), quando caiu do nono andar do prédio em que a mãe trabalhava. Enquanto ela passeava com o cachorro da família, sua patroa, Sari Corte, ficou responsável pela criança.

Luisa Mell entrou em contato com a família de Miguel

A ativista foi procurada pela revista Quem, da Globo, e disse que entrou em contato com uma pessoa da família, que está muito mal e abalada. A ativista disse que quer ajudá-los a fazer justiça pela morte de Miguel e que quer ajudar tanto no processo civil, quanto no criminal.

Luisa disse para a revista que os advogados que trabalham com ela irão coordenar o processo e que agora ela está a procura de uma pessoa para atuar em Recife. Revelou que ela ficou muito triste ao saber o que aconteceu com Miguel e que chorou enquanto conversava com a prima de Mirtes, mãe da criança. A ativista afirmou que tudo que ela puder, irá fazer para ajudar. "O mundo só vai se transformar se agirmos. Lutaremos por justiça", disse.

Mais cedo, Luisa pediu em suas redes sociais uma ajuda para conseguir entrar em contato com a família da criança.

Luisa Mell fala sobre a patroa da mãe de Miguel

Ao falar sobre Sari, patroa de Mirtes, a ativista mostrou estar bastante revoltada por não vincularem o nome dela, já que ela era a responsável pelo menino de 5 anos no momento.

Luisa afirmou também que isso é uma vergonha, que caso ocorresse o contrário, não seria deste jeito. Luisa Mell também disse que essa Mulher não ficará impune e que todos querem a justiça pela vida de Miguel.

A ativista lembrou das pessoas que não têm condições financeiras, dizendo que ela com seus privilégios, tem dificuldades em cuidar de seus filhos e que imagina as pessoas que não têm todos os recursos e nem escolas para deixarem seus filhos, enquanto estão trabalhando.

Lembrou também, que por conta da pandemia do novo coronavírus, a situação de muitas famílias pioraram.

Entenda o que aconteceu com Miguel

A criança, de apenas 5 anos, Miguel Otávio, perdeu a vida após cair do nono andar do prédio em que sua mãe trabalhava em Recife nesta terça-feira (2). No momento em que tudo ocorreu, a mãe da criança estava passeando com o cachorro da família e deixou seu filho aos cuidados de sua patroa, Sari Corte Real.

A patroa da mãe de Miguel foi presa em flagrante pelo homicídio culposo --quando não se tem a intenção de matar--, porém ela pagou uma fiança de 20 mil reais, portanto, responderá em liberdade.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!