A dupla sertaneja Bruno e Marrone é um sucesso em todo o Brasil, seja o lugar onde forem. Com a proibição de aglomerações de pessoas, vários eventos tiveram que fechar as portas e consequentemente, havendo perda de receitas. Bares, restaurantes, cinemas, casas noturnas, clubes, shows, estádios de futebol e outros esportes e etc., várias foram as modalidades de eventos suspensas, o que está ocasionando uma contração na economia e geração de empregos.

Com a suspensão específica dos shows, vários artistas tiveram suas rendas diminuídas, e alguns tiveram que dispensar músicos e outros funcionários devido à diminuição de receitas provenientes das apresentações.

Com o cantor Marrone não foi diferente, pois seus lucros tiveram uma diminuição drástica e, com isso, ele teve que cortar gastos, inclusive chegando ao valor da pensão de suas filhas.

Marrone solicita redução de pensão na Justiça

O sertanejo Marrone, que faz dupla com Bruno, tem duas filhas de dois relacionamentos anteriores diferentes. A primeira chama-se Mayara, de 16 anos, e a segunda chama-se Mel, de apenas 9 anos. Para essas duas filhas ele pagava mensalmente uma pensão, já que não está com nenhuma das mães das crianças.

As informações obtidas nesse artigo foram divulgadas pelo colunista Leo Dias, do portal de notícias "Metrópoles". O jornalista procurou a assessoria de comunicação do cantor que confirmou a informação alegando que, com o cancelamento de todos os shows da dupla, houve uma redução drástica do lucro de toda a classe dos músicos, trazendo consequências como esse pedido na Justiça para redução de pensão alimentícia.

Enquanto a Justiça não der nenhuma manifestação sobre o caso, o cantor Marrone suspendeu integralmente o pagamento da pensão de suas filhas.

Nota da assessoria de imprensa de Marrone

Em nota emitida ao colunista Leo Dias, os assessores de comunicação do artista disseram que ele sempre cumpriu rigorosamente com o pagamento da pensão das filhas, assim como havia determinado a Justiça anteriormente e que o ato seria por amor às meninas.

Posteriormente, a nota aborda o momento atual onde houve queda abrupta da renda da dupla Bruno e Marrone: "...se viu obrigado a rever os valores da pensão".

Por fim, a comunicação diz que o departamento jurídico do artista o orientou para que se suspenda o pagamento integral das pensões até que a Justiça se manifeste sobre o seu pedido de redução.

A nota o cantor Marrone ainda disse que nunca irá desamparar nenhuma de suas filhas e que as próprias mães das crianças sabem disso: "...acho digno ser honesto e pedir revisão do que deve, disse Marrone.

Siga a página Fofocas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!