Morreu Varlei Rocha Alves, 51 anos, mais conhecido como Capoeira, um guardador de carro, de Copacabana, no Rio de Janeiro, que ficou conhecido no Brasil inteiro no ano de 2019, após ter a gentileza de ajudar uma senhora a atravessar um alagamento que ocorria no bairro carioca.

Falecimento de Carioca

Capoeira passou mal no dia 7 de maio, quando se encontrava na casa de alguns parentes e foi levado para uma UPA na Zona Norte do Rio de Janeiro. Varlei deu entrada na unidade de saúde com um quadro de parada cardiorrespiratória. Mesmo com o esforço dos médicos, o homem não aguentou e veio a óbito. A morte do guardador de carros foi registrada como parada cardiorrespiratória, com causa indeterminada.

Apesar de ter falecido no começo do mês de maio, a morte do bom homem só foi noticiada na última terça-feira (23), quando o site Razões Para Acreditar ficou sabendo do ocorrido e usou sua rede social para lamentar a morte do rapaz. O site havia realizado uma campanha na ocasião que Varlei ficou famoso na intenção de arrecadar fundos para que o mesmo pudesse comprar uma casa.

A notícia da morte do guardador de carros foi confirmada pela família do mesmo para o site G1. Capoeira havia perdido a esposa em um atropelamento ocorrido anos antes, em Copacabana, e tinha um filho de 11 anos, que é criado pela irmã dele.

Repercussão da boa ação de Capoeira

Capoeira ficou famoso quando um vídeo em que ajudava uma senhora de 86 anos a atravessar a rua alagada viralizou nas redes sociais no dia 8 de abril de 2019.

O guardador de carros foi colocando caixotes e fazendo uma ponte para que a mulher fosse pisando e com isso não se molhasse, até atravessar para o outro lado da avenida Prado Júnior com rua Ministro Viveiros de Castro.

Na ocasião, o site organizou uma campanha para arrecadar pelo menos R$40 mil para que o Capoeira pudesse ter uma casa própria.

Na época, a campanha contou com o apoio de muitos Famosos e eles conseguiram arrecadar com a vaquinha o valor de R$ 100 mil. Capoeira pegou o dinheiro e comprou duas casas na Pavuna, no Rio de Janeiro. Ele morava no andar superior e no andar de baixo ele cedeu o imóvel para a irmã, que criava seu filho, morar com o marido e os quatro filhos.

Varlei era guardador de carros há 20 anos na região em que foi gravado ajudando a idosa e disse na época que nunca havia se sentido tão querido pelas pessoas daquela forma. Ele revelou também que se sentia uma pessoa só no mundo com o seu filho.

Famosos lamentam morte do Capoeira

A atriz Fernanda Rodrigues é uma das famosas que ajudaram na vaquinha para arrecadar dinheiro para Capoeira comprar uma casa. Ela fez uma postagem em seu perfil lamentando a morte do homem.

A atriz postou uma imagem com rosas e disse que estava triste com a partida do homem.

Fernanda disse que se sentia feliz por ter vivido com ele esse sonho da casa própria e desejou que ele vá em paz. Ela agradeceu ao site Razões Para Acreditar por iluminar os nossos dias. A atriz Alice Wegmann também participou da ação para ajudar Capoeira e usou seu perfil para lamentar sua partida.

A famosa postou uma foto de Varlei com o filho e outra em que aparece ao lado dos dois. Na legenda, a atriz relembrou que no último ano conheceu a história do guardador de carros e que em três dias conseguiram arrecadar o dinheiro para que ele pudesse comprar uma casa para o filho.

Ela disse que aquela foto mostrava o carinho que tinham um pelo outro e falou sobre a notícia de sua morte, pedindo para que os seguidores mandassem todo amor para que o mesmo fique em paz e que para os seus familiares sejam confortados.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!