Depois de ter prestado depoimento à polícia a respeito de ter sido acusado de envolvimento com pedofilia, o youtuber PC Siqueira deu uma declaração na qual afirmou que só vai se pronunciar agora a respeito do caso quando a investigação que está sendo feita com ele chegar ao fim.

Ele usou das redes sociais para negar algumas publicações que foram feitas anteriormente, que foram interpretadas como charadas, visto que os textos não eram tão claros e até mesmo foram considerados como enigmáticos da parte do youtuber.

Nesta última segunda-feira (22), no entanto, PC Siqueira deu uma declaração na qual comentou que iria falar a respeito do caso e que faria uma retratação a respeito de tudo somente no momento que a investigação feita for finalizada pelas autoridades competentes que estão atualmente realizando-a.

PC Siqueira se 'pronuncia'

Através do stories do Instagram, PC ainda enviou uma mensagem para seus seguidores onde falou que nada do que ele fizer agora irá satisfazer as pessoas que estão procurando por declarações de sua parte.

Ele ainda pontuou que, caso as pessoas queiram se entreter com o sofrimento de celebridades, que busquem ir atrás de pessoas bronzeadas e com dentes perfeitos e brancos de porcelana para se distrair.

O youtuber tem demonstrado nas redes sociais que não vai falar sobre o caso, mas tem deixado mensagens com alguns conteúdos que estão sendo interpretados pelos seguidores nas redes sociais como indiretas aos amigos que se manifestaram contra o youtuber, como Rafinha Bastos.

A investigação contra o youtuber está sendo comandada atualmente pela 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídio e de Proteção à Pessoa (DHPP), depois que os áudios comprometedores do youtuber acabaram sendo vazados na web.

Tudo começou com uma suposta mensagem em que PC enviava para um amigo uma imagem de uma criança, que teria sido, anteriormente, enviada a ele pela própria mãe da menina.

Logo após isso, em alguns áudios, PC teria chegado a admitir até mesmo que talvez ele tivesse traços de pedofilia.

No dia 15, a Polícia Civil de São Paulo ouviu o depoimento de PC Siqueira e também de testemunhas do caso. As autoridades ainda pediram mais informações às empresas que administram no momento as redes sociais do youtuber, por onde foram feitas as denúncias a respeito do comportamento do youtuber, como as mensagens em seu nome que foram vazadas com o suposto conteúdo pedófilo indicado por PC.

Com isso, as autoridades darão continuidade à investigação de posse dos possíveis conteúdos.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!