O jornalista Daniel Adjuto foi procurado pelo SBT com um convite para voltar à emissora da qual ele fazia parte há sete meses, quando pediu demissão para se juntar ao time de jornalistas da CNN Brasil.

Ele foi responsável pela histórica entrevista que foi ao ar pela emissora de canal fechado com a ex-secretária da Cultura Regina Duarte, que causou uma grande polêmica nas redes sociais, pelos comentários saudosos da atriz a respeito do período de ditadura militar no país.

Daniel recebe nova proposta do SBT

Agora, sete meses depois de ter deixado a emissora, Daniel recebeu uma nova proposta financeira do SBT.

A emissora agora quer que Adjuto seja um dos principais rostos de um projeto jornalístico que está desenvolvendo atualmente.

O projeto da emissora de Silvio Santos, aparentemente, de acordo com o que tem se falado na emissora, será lançado para o público em agosto deste ano e está buscando alguns rostos do jornalismo para fazer parte de seu time.

Atualmente, Adjuto está em evidência na CNN Brasil devido ao fato de que foi o responsável por emplacar vários furos de reportagem para o canal.

Ao que tudo indica, o jornalista aparentemente ficou tentado com o salário que foi oferecido para ele retornar ao SBT e chegou a procurar por amigos mais próximos para poder conversar a respeito de voltar para a emissora de Silvio Santos devido à proposta que foi feita a ele.

No entanto, após refletir a respeito da proposta feita a ele, o jornalista acabou recusando a oferta feita pelo SBT. Ao que tudo indica, o que pesou na decisão do mesmo foi o fato de que ele em pouco mais de quatro meses agora, conseguiu fazer com que o seu nome tivesse mais notoriedade no mundo do jornalismo devido ao seu cargo na CNN Brasil.

Anteriormente, no SBT, Adjuto era conhecido apenas como "jornalista gato" da emissora. Com isso, ele não via que seu trabalho estava reverberando de alguma forma na concorrência.

Em seu cargo na CNN Brasil, o jornalista foi responsável por momentos marcantes na emissora. Isso porque ele foi quem antecipou que o ator Mario Frias seria alvo de fato do presidente brasileiro Jair Bolsonaro para que assumisse o cargo que estava vago na Secretaria Especial de Cultura, deixado por Regina Duarte.

Além disso, um dos momentos mais marcantes do jornalista no canal foi o fato de que ele conseguiu negociar pessoalmente e executar uma entrevista ao vivo com a ex-secretária da Cultura do governo, que acabou em polêmica.

Em agosto deverá ser lançado pelo SBT o seu novo projeto jornalístico que está sendo desenvolvido, o "SBT News". O projeto aparentemente será uma central multimídia baseada em Brasília e está sendo encabeçado por Luiz Weber, ex-secretário de Edição da Sucursal da Folha de S.Paulo em Brasília.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!