Os funcionários envolvidos com a produção do reality show culinário "Masterchef" foram pegos de surpresa pela Band nesta semana.

A produção estava realizando as gravações da nova temporada do programa, quando veio a surpresa de que todos os envolvidos com a atração no momento precisariam ir para um hospital nesta quinta-feira (2).

Os funcionários que tivessem qualquer tipo de envolvimento nas gravações do programa precisaram realizar o teste para o novo coronavírus.

Band suspende 'Masterchef'

A decisão da emissora veio logo após dois funcionários terem sido testados para a doença e terem tido resultados positivos para a Covid-19.

Devido a isso, as gravações para o programa foram paralisadas pela produção nesta semana. Elas deverão voltar somente na segunda-feira (6). Os funcionários então foram todos encaminhados para um hospital, onde foi necessária a realização dos testes para confirmar se mais alguém da produção havia contraído a doença.

Nem mesmo a apresentadora Ana Paula Padrão e os jurados do programa, Paolla Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin, foram poupados de realizar os exames, devido à determinação que foi feita pela emissora.

Eles também foram encaminhados para o hospital para poder realizar os devidos testes para doença. Além dos jurados, a equipe de produção, montagem, cinegrafistas e operadores também precisaram realizar o teste para detectar a doença.

O site Notícias da TV entrou em contato com a Band para buscar mais informações a respeito da paralisação das gravações desta semana, e obteve como resposta que elas seriam realizadas nesta quinta-feira (2) e também nesta sexta-feira (3).

No entanto, a emissora decidiu cancelar para que seja feito agora o rastreamento de pessoas que tiveram contato com os colaboradores que foram contaminados pela doença, para confirmar se mais pessoas envolvidas na produção poderiam estar com o vírus.

Devido a isso, a gravação do programa foi paralisada para que obtivessem esses resultados.

A Endemol, que é a produtora que detém o formato do programa, foi a responsável pelos custos dos exames que serão feitos agora com os envolvidos na produção. Em maio, a direção da emissora havia declarado que enfrentaria os riscos para que fosse feita a produção de sua sétima temporada, em meio a pandemia da Covid-19 no Brasil.

Os preparativos para isso haviam sido iniciados em março, mas os trabalhos acabaram sendo interrompidos pela pandemia, e agora retornaram.

Contudo, para que essa edição fosse feita, a Endemol Shine precisou alterar o formato de uma forma considerável. Agora existe um número limitado de participantes por episódio do programa, por volta de oito.

Eles precisam manter agora uma distância mínima de dois metros para a gravação. Não existem mais provas em grupo, como de costuma, e nem mesmo gravações externas estão sendo feitas. Todas as gravações estão sendo feitas no estúdio que é higienizado e com entrada controlada de pessoas.

Siga a página Masterchef
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!