O humorístico "Chaves" não poderá mais ser exibido no SBT e os últimos episódios foram ao ar na tarde desta sexta-feira (31). A notícia pegou todos os fãs e a direção da emissora de surpresa.

Ao todo, são 36 anos de exibição do humorístico criado pelo mexicano Roberto Gómez Bolaños (1929-2014) e que em várias ocasiões deixou o SBT na liderança. O contrato da Televisa com a emissora de Silvio Santos venceria hoje, mas havia a possibilidade de renovação.

Entretanto, o SBT recebeu um comunicado da Televisa na última quarta-feira (29) informando que o humorístico "Chaves" deveria deixar a grade de programação da emissora após o fim do contrato.

A renovação, segundo a Televisa, foi suspensa por causa de um problema contratual entre a produtora mexicana e o Grupo Chespirito, detentor dos direitos sobre os personagens do seriado "Chaves".

'Chaves' triplica audiência em últimos dias de exibição no SBT

De acordo com o site NaTelinha, que divulgou a notícia com exclusividade, o seriado triplicou a audiência no dia de seu retorno à programação, no dia 29.

Além do horário das 14h15, o SBT também estava exibindo "Chaves" aos finais de semana com outros quadros, além dos personagens da vila. O herói atrapalhado "Chapolin", outra criação de Roberto Gómez Bolaños, também fazia parte da programação. O seriado também estava sendo exibido nas madrugadas de sábado e manhãs de domingo.

A decisão da Televisa em função da mudança contratual com os detentores dos direitos sobre "Chaves" e sua turma não afetou apenas o SBT, mas também o canal pago Multishow, da Globosat, além de várias emissoras em países onde a produção era exibida.

SBT lamenta cancelamento do seriado 'Chaves'

Em comunicado oficial, o SBT lamentou a não renovação do contrato para a exibição do seriado. Segundo a nota, a emissora lamenta a decisão, principalmente em respeito aos seguidores do programa, que acompanham de maneira fiel os seriados há muitos anos.

"A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível", diz o comunicado do SBT, acrescentando que se a situação for resolvida, abrirá espaço novamente a exibição de "Chaves", "Chapolin e "Chespirito".

Impasse tira seriado do ar no mundo inteiro

O impasse entre a mexicana Televisa e o Grupo Chespirito surpreendeu até mesmo emissoras como o canal Las Estrellas e plataformas de streaming como a Amazon Prime Vídeo que também deverão excluir os episódios de suas grades ou catálogos.

No caso do SBT, a decisão não afeta outros produtos, como as novelas mexicanas, que deverão continuar na grade da emissora normalmente.

Ainda de acordo com o site NaTelinha, o filho de Bolaños, Roberto Gómez Fernández, resolveu analisar melhor o contrato com a emissora antes de tomar qualquer decisão. Ele não tem direitos sobre as fitas originais dos episódios, mas é detentor dos roteiros originais e pode criar novos projetos envolvendo os personagens criados pelo pai.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!