Quem acompanha o apresentador Danilo Gentili nas redes sociais já deve saber que o comediante é contra o governo do atualmente presidente, Jair Bolsonaro. Na última segunda-feira (6), o humorista usou seu perfil no Twitter para fazer uma “brincadeira” sobre o fato de Bolsonaro ter testado positivo para o novo coronavírus. Na rede social, Gentili disse que a “covid-19 foi a primeira coisa positiva que o atual presidente apresentou até o momento".

Como já era de se imaginar, não demorou muito até que a publicação de Danilo Gentili começasse a repercutir e, em pouco tempo já estava entre os assuntos mais comentados do Twitter.

O comediante recebeu muitas críticas de internautas, que não gostaram do assunto escolhido por ele para fazer “piada”. “Totalmente desnecessário”, escreveu um usuário no Twitter. Já outro afirmou que o apresentador “é um mal-amado”.

Jair Bolsonaro confirma ter testado positivo para o novo coronavírus

Na última terça-feira (7), durante uma entrevista em sua residência oficial no Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro (sem partido), confirmou que o seu teste para detectar o novo coronavírus havia dado positivo. Ao anunciar o diagnóstico, Bolsonaro contou ter começado a se sentir mal no domingo (5), quando teria sentido indisposição.

Na segunda-feira (6), seu quadro clínico acabou se agravando e ele começou a sentir cansaço, dor muscular, mal-estar e febre de 38º C.

Por isso, ao fim do dia, Jair Bolsonaro procurou atendimento médico no Hospital das Forças Armadas, onde realizou o teste para o novo coronavírus e uma tomografia, que acabou mostrando que os pulmões do presidente estavam limpos.

Bolsonaro usou cloroquina

Ao anunciar estar com covid-19, Jair Bolsonaro ainda fez questão de voltar a falar em outro assunto polêmico: a cloroquina. Segundo o presidente, na segunda-feira, mesmo sem saber o resultado do teste de covid-19, a equipe médica que lhe atendeu resolveu lhe dar o primeiro comprimido do medicamento que, vale lembrar, ainda não possuí nenhuma comprovação científica para o tratamento do novo coronavírus.

Bolsonaro teria ingerido o comprimido e um antibiótico por volta das 17h e, depois das 00h, o presidente conta que já estava se sentindo melhor. Além disso, ele ainda afirmou que às 5h da terça-feira (7), ingeriu a segunda dose de cloroquina. “Estou muito bem”, disse. Relatando estar se sentindo bem melhor após ter ingerido o medicamento, Jair Bolsonaro contou que estava até com vontade de fazer uma caminhada, mas que não a faria por recomendação médica.

Presidente volta a criticar isolamento social

Mesmo com covid-19, o presidente voltou a criticar as medidas de isolamento social. Para Bolsonaro, houve um superdimensionamento sobre o coronavírus e tais medidas de isolamento deveriam ser aplicadas apenas a pessoas com doenças pré-existentes e idosos acima de 65 anos, que, vale lembrar, integram os chamados grupos de risco para a doença.

Atualmente o presidente está com 65 anos.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!