Nesta última segunda-feira (20), a defesa dos youtubers e irmãos Luccas e Felipe Neto contestou os argumentos que foram feitos pela apresentadora Antonia Fontenelle no pedido de suspensão da liminar que foi pedida pelos irmãos, que determinava que as publicações que foram feitas por ela nas redes sociais a respeito dos dois fossem retiradas das redes sociais em um período de 24 horas.

O descumprimento da decisão acarretava no pagamento por Fontenelle de multa uma diária no valor de R$ 5 mil. Diante da situação que os irmãos estão vivenciando com a apresentadora, eles condenaram o pedido que foi feito por Antonia.

"Liberdade de expressão não é absoluta", apontaram.

De acordo com o que foi divulgado através da coluna de Fabia Oliveira, do jornal O Dia, Luccas e Felipe alegaram que as justificativas que foram dadas por Antonia a respeito da situação toda beiram o absurdo. Os irmãos ainda alegaram, por meio de nota, que em momento algum a apresentadora se mostrou disposta a realizar um debate com eles.

Felipe e Luccas em ação contra Fontenelle

Na defesa, os dois alegaram que a acusação feita pela apresentadora foi algo muito grave e que ela precisaria propor um debate, uma vez que era o dever mínimo nesta situação ouvir os dois lados da história.

No documento que foi enviado pela defesa, os irmãos ainda alegaram que quem quer propor um debate sobre o assunto de fato, para alertar os pais como foi justificado pela apresentadora, não usa de montagens com falas fora de contexto e nem mesmo inverte as frases para isso.

No dia 13 de julho, a defesa da apresentadora alegou que ela, no momento em questão, estaria apenas fazendo uso de seu direito de expressão ao falar a respeito dos irmãos Neto.

No argumento que foi apresentado pela defesa de Antonia, é citado que a apresentadora estaria usando de uma forma comedida algumas questões que foram feitas através de suas redes sociais, como o Instagram, a respeito do assunto, e que ela teria interesse apenas em trazer à tona um debate sobre o assunto.

Luccas e Felipe, todavia, responderam através de sua defesa que a liberdade de expressão neste caso deveria ter sido ponderada com outros valores de ordem constitucional, em especial a respeito da dignidade humana e também a honra à imagem.

Os advogados dos irmãos Neto destacaram também que Antonia não havia cumprido o prazo que foi estipulado pela Justiça de 24 horas para que as publicações que foram feitas por ela fossem removidas das redes sociais.

No pedido, os irmãos Neto pontuaram ainda que a publicação que foi feita pela apresentadora, indicando que os dois estariam ligados a crimes de pedofilia, colocam em risco a integridade de ambos, visto que através das redes socais eles passaram a receber ameaças.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!