Quem acompanhou a luta de Nick Cordero pela vida após contrair o coronavírus, sabe o quanto ele lutou para se curar. O ator chegou a ficar 90 dias internado após contrair a Covid-19. Nick chegou a se curar da doença, mas veio a óbito por conta das complicações que ela trouxe.

Nick Cordero teve a perna direita amputada após ter problemas com a coagulação do sangue. O ator chegou a sofrer uma infecção pulmonar e perdeu cerca de 30 kg desde que foi internado no hospital.

Na ocasião, a esposa de Nick afirmou que ele teria de passar por um transplante de pulmão.

Depois de muito lutar pela vida, no dia 5 de julho, Nick Cordero veio a óbito. Ele deixou a esposa e o filho, Elvis.

Elvis diz primeiras palavras ao ver imagens de Nick

Amanda Kloots, viúva de Nick, foi ao seu Instagram para mostrar um momento muito fofo do seu filho Elvis. O bebê, que até então não havia dito as primeiras palavras, estava vendo algumas imagens do pai. Ele então apontou para Nick e disse sua primeira palavra.

No vídeo postado pela viúva de Nick Cordero, ela pergunta a Elvis onde está o papai e ele aponta para a imagem do ator. Amanda disse que é maravilhoso o fato de o bebê ainda se lembrar do rosto do pai, mesmo que a última vez que ele o tenha visto foi em 30 de março.

Biografia de Nick Cordero

Nick Cordero nasceu em Hamilton, no Canadá. Ele foi um ator de cinema e televisão, mas foram seus papéis na Broadway que o fizeram ser reconhecido. Nick já foi indicado ao Tony Award como melhor ator num musical da Broadway, também foi indicado duas vezes ao Drama Desk Awards.

Uma curiosidade sobre o ator é que ele chegou a ingressar na faculdade, mas depois de dois anos, abandonou tudo para seguir sua carreira nas artes cênicas. O mais incrível é que Nick teve o papel de protagonista já em sua estreia no Off Broadway de "The Toxic Avengers".

O ator também fez na Broadway o musical "Bullets Over Broadway".

Nick também participou de três episódios da oitava temporada de "CSI". Nick e sua esposa Amanda Kloots se casaram em 2017, eles tiveram apenas um filho, Elvis, que nasceu em 2019.

Em março de 2020 o ator foi diagnosticado com o coronavírus e internado em um hospital. Na ocasião, a esposa de Nick contou que ele estava em estado grave, respirando com ajuda de aparelhos e necessitando de diálise.

Em abril de 2020, o ator teve que amputar a perna direita, por conta de complicações da doença. Em maio, Nick Cordero estava sofrendo com um dano pulmonar, ainda no mesmo mês o ator não recuperou a consciência ao ser retirada a sedação, já no fim de maio ele acordou do coma.

Em 5 de julho, quando já estava há noventa e cinco dias hospitalizado, Nick Cordero não resistiu e faleceu no Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, aos 41 anos.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!