No último capítulo da novela "Fina Estampa", a vilã Tereza Cristina será dada como morta pelas autoridades, após o barco em que ela estava fugindo da polícia desaparecer no mar em meio a uma tempestade.

Dias depois, Crô é chamado para ouvir a leitura do testamento de Tereza Cristina, juntamente com o viúvo e os filhos da vilã. Crô não está interessado no testamento, pois amava de verdade sua patroa e sente muito pela perda. Ele também presume que ela tenha lhe deixado a casa em que já vivia, pois Tereza havia lhe prometido isso em vida.

Quando o advogado começa a ler o testamento, todos ficam surpresos, pois Tereza deixou a mansão em que viveu os últimos anos de sua vida e 50% de toda a sua fortuna.

Crô fica maravilhado com a bondade de sua Rainha do Nilo e passa a usufruir das regalias da vida de patrão, e não mais de mordomo. Mesmo se tornando o patrão de Baltazar, os dois continuarão trocando farpas sempre que possível.

Crô será recompensado no testamento de Tereza Cristina por sempre ter ficado ao lado de sua rainha, mesmo quando não concordava com tudo que ela fazia. O ex-mordomo vai até aproveitar sua fortuna para ajudar causas sociais, sem deixar de usufruir de todas as regalias que o dinheiro herdado de Tereza Cristina pode lhe proporcionar.

A morte de Tereza Cristina

A morte ou simplesmente desaparecimento da vilã tem desfecho semelhante ao de uma outra vilã criada por Aguinaldo Silva e que Tereza enalteceu bastante durante toda a novela: Nazaré Tedesco.

Na novela "Senhora do Destino", a suposta morte de Nazaré fica em aberto, abrindo a possibilidade de que ela não tenha morrido, já que não há corpo, mas todos acreditam ser impossível que ela tenha sobrevivido a uma queda de uma ponte sobre o mar.

Em "Fina Estampa", algo semelhante acontece, quando Tereza Cristina é dado como morta por não encontrarem seu corpo e acreditarem ser impossível que ela sobreviva a uma tempestade no mar.

Aguinaldo Silva quase ressuscitou Nazaré Tedesco há alguns anos, mas teria desistido graças a pedido feito pela própria atriz que a interpretou, Renata Sorrah. Não se sabe se um dia se Tereza Cristina reaparecerá em alguma nova trama do autor.

Após "Fina Estampa", produzida e exibida pela primeira vez entre agosto de 2011 e março de 2012, Cristiane Torloni, a intérprete de Tereza Cristina, participou de outras três Novelas da TV Globo com papeis de destaque, sendo elas: "Alto Astral", "Velho Chico" e "O Tempo Não Para".

'Fina Estampa' tem ótima audiência

Apesar de se tratar de uma reprise compacta, a novela "Fina Estampa" está com ótima audiência desde que estreou na tela da Globo, em abril de 2020, após as interrupções das gravações de "Amor de Mãe" em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Na última quinta-feira, 23, a novela "Fina Estampa" marcou 37 pontos de audiência, sendo um verdadeiro recorde para o horário na atualidade. Abaixo dela ficou "Totalmente Demais", outra reprise da emissora, com 34 pontos no mesmo dia.

Durante a quarentena, a emissora carioca conseguiu reconquistar o público com sucessos do passado, e pode usar essa recepção dos telespectadores, para pensar no tipo de novos produtos que lançará em 2021.

Globo investe em mais reprises de novelas

Devido às incertezas devido à pandemia, que tem elevados casos de contaminação e mortes no Brasil todos os dias, a TV Globo decidiu que pelo menos por enquanto não arriscará seus funcionários no retorno das gravações de novelas, investindo no retorno de outras reprises para a grade de programação da emissora. A nova anunciada da emissora é "A Força Do Querer", exibida originalmente em 2017, e que contou com Juliana Paes, Paolla Oliveira e Íris Valverde como protagonistas.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!