Na madrugada da última segunda-feira (20), a bailarina do programa “Domingão do Faustão” Natacha Horana foi presa pela Policia Militar de Santa Catarina, após uma ação que aconteceu em uma festa. No momento da prisão, a Polícia encontrou no local da festa aproximadamente cinco gramas de droga.

De acordo com informações que foram divulgadas pela Prefeitura de Balneário Camboriú, as drogas que foram encontradas no momento foram maconha e skank, que pode ser considerada como sendo uma variação “premium” da maconha.

De acordo com o que foi relatado, a bailarina participou de uma festa que contou com alguns amigos dela em um apartamento de luxo no município.

No momento em que a polícia chegou ao local, de acordo com o que foi relatado ainda, Natacha também desacatou os policiais que estavam realizando a ação. A atitude da bailarina foi o motivo pelo qual ela acabou sendo presa e levada pelos policiais responsáveis pela ação.

O site Notícias da TV entrou em contato com a Polícia Militar para saber mais detalhes a respeito do caso e foi informado que no momento em questão foi feito um Termo Circunstanciado por desobediência do decreto estadual e municipal em relação à Covid-19 e também por posse de drogas para o uso pessoal.

De acordo com o TC que foi feito, as drogas não eram pertencentes à bailarina, mas ao locatário do imóvel, que não foi identificado pela polícia até o momento.

Denúncias de aglomerações em SC

Na madrugada desta última segunda-feira, foram feitas denúncias para a Polícia Militar e Guarda Municipal da cidade de Balneário Camboriú a respeito da festa que estava sendo realizada no imóvel de luxo.

Devido à pandemia do coronavírus no Brasil, o estado determinou que aglomerações do tipo estão proibidas no momento para evitar a transmissão da doença.

De acordo com o que foi relatado pela Polícia Militar, que realizou a operação, no momento que chegaram ao evento, cerca de 30 pessoas estavam presentes no apartamento de luxo.

O órgão ainda explicou como ocorreu a abordagem, e relatou que no momento em que a PMC estaria fazendo o procedimento em questão com o responsável pelo imóvel, Natacha foi abordada pelos agentes que fazem parte da Guarda.

A bailarina então desacatou os agentes e, por isso, acabou sendo levada.

A Prefeitura de Balneário Camboriú emitiu uma nota em que confirmou a versão que foi dada pelas autoridades a respeito dos fatos. Na nota em questão, foi confirmado que Natacha foi levada pela polícia do local devido ao desacato cometido pela bailarina no momento em que foi abordada pelos agentes.

Ainda foi relatado que a bailarina tentou cometer uma agressão contra um servidor público durante a abordagem que teve seu equipamento de trabalho jogado no chão por ela. A ação foi registrada, de acordo com a prefeitura.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!