O cantor Zeca Pagodinho revelou que a pandemia de coronavírus tem o deixado muito triste e abatido. O sambista participou do "Conversa com Bial" da última madrugada, na Globo. Zeca se mostrou desanimado e com saudades dos amigos, da rua e dos shows. Ele ainda disse que está tendo uma crise de inspiração.

Segundo Zeca Pagodinho, esse ano ele compôs quatro músicas, mas que para ele que escrevia quatro por dia, isso é muito pouco. O cantor e compositor ainda revelou que tem dias que ele acorda muito triste, pois mora de frente para o mar e não vê mais ninguém passando pela rua, tudo parado.

Zeca Pagodinho está há 100 dias em isolamento social

O sambista está em isolamento social há 100 dias. Ele contou na entrevista no "Conversa com Bial" que não sabia nem que dia era, ainda disse que tem dias que ele não sabe de nada. Zeca Pagodinho revelou que antes da pandemia ele ia diariamente na gravadora, no salão e agora as coisas estão muito estranhas.

Zeca, indignado com a situação atual perguntou: "Que vida é essa Bial?". O cantor disse que gosta de sair na rua, de ir à favela, de frequentar o boteco e jogar conversa fora. Ainda revelou que está louco para reencontrar os amigos e cantar seu samba.

Zeca Pagodinho disse ainda que todo dia esperar acordar e alguém dizer que tudo já acabou e que a vida pode finalmente voltar ao normal.

Rotina de Zeca Pagodinho na quarentena

O cantor ainda contou para o apresentador Pedro Bial como está sendo sua rotina durante a quarentena. Segundo Zeca Pagodinho ele tem assistido muitas novelas e até chegou a ler seu próprio livro, "Zeca: Deixa O Samba me Levar". O cantor revelou que está em quarentena com as duas filhas e o neto.

O sambista ainda revelou que sente muita falta de tomar sua cerveja, e que chegou a sonhar que estava em Duque de Caxias, tomando uma cerveja em Xerém.

Zeca ainda disse que todos os dias toma uma gelada depois de rezar uma Ave Maria.

Live de Zeca Pagodinho

O sambista está com uma live marcada para o Dia dos Pais. Ele disse em tom de humor que até chegar o dia de sua live, ele vai enlouquecer. Zeca Pagodinho fez uma live show no Dia das Mães.

A live do sambista foi beneficente, ele, juntamente com o patrocínio de uma marca de cerveja arrecadou doações para o programa "Mães da Favela" que é uma criação da CUFA (Central Única das Favelas), para ajudar as mulheres que vivem lá.

O cantor havia exitado em realizar a apresentação ao vivo, mas mudou de ideia e foi um grande sucesso, tanto que agora ele está confirmado como trilha sonora no Dia dos Pais, que será comemorado em meio ao isolamento social. A live ainda não tem um horário definido para acontecer, mas o cantor já garantiu que vai fazer.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!