Após duas semanas internado ao apresentar sintomas da Covid-19, e ter ficado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o cantor sertanejo Cauan Máximo, que faz dupla com Cleber, recebeu alta pela manhã desta quarta-feira (26), do Hospital Anis Rassi, em Goiânia.

A assessoria de imprensa do cantor foi responsável por comunicar que agora ele será liberado para que o seu tratamento para que se recupere da doença respiratória seja feito em casa, ao lado de seus familiares.

O cantor foi internado no dia 12 d agosto, e chegou a apresentar uma piora em relação à doença, quando teve 70% do seu pulmão comprometido, de acordo com o que foi divulgado em um dos primeiros boletins médicos que relatavam o estado de saúde do sertanejo.

Cauan apresentou os primeiros sintomas da doença no dia 7 deste mês e, logo após isso, foi hospitalizado ao sentir dores fortes e apresentar febre. Ele precisou então realizar alguns exames e foi diagnosticado com a Covid-19.

Cauan agradece melhora da Covid-19

Através de sua página oficial do Instagram, Cauan publicou um vídeo onde aparecia fazendo uma oração. Ele explica na gravação que foi acordado logo cedo no hospital onde está internado e que acredita que isso ocorreu por parte de Deus, para que ele pudesse fazer uma oração no momento.

O cantor ainda explicou que Deus havia colocado uma oração em seu coração, e que ele queria aproveitar para poder compartilhar o momento com seus seguidores.

Na última terça-feira (25), o cantor apareceu como um dos entrevistados do programa “Encontro”,, apresentado por Fátima Bernardes, na Rede Globo.

Na conversa com a apresentadora, ele aproveitou para revelar os momentos de dificuldade que enfrentou na UTI do hospital onde esteve durante este tempo.

Na conversa, Cauan chegou a contar que pensou em morrer na UTI do hospital, pois não queria mais continuar a sofrer. Ele revelou ainda que neste momento de desespero sentia que não tinha mais solução para ele.

Ao longo do tratamento, o cantor chegou a ter alguns pensamentos negativos sobre sua recuperação.

Ao ser questionado pela apresentadora da Globo a respeito de um vídeo em que aparece debochando do vírus, o cantor declarou que se sentia arrependido do momento.

O cantor ainda revelou que na época em que o vídeo foi feito, ele não percebia a gravidade da situação.

O sertanejo conta ainda que chegou a comprar um oxímetro por uma orientação de seu irmão Fernando Máximo, que é médico, e que se a frequência estivesse abaixo de 93, ele deveria ir para o hospital. Contudo, mesmo se mostrando a abaixo ele não quis ir para o hospital, pois sabia que seria internado.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!