Diante dos fatos que vieram à tona nos últimos dias, a respeito do caso de uma menina de 10 anos que foi vítima de abusos cometidos pelo tio e acabou engravidando, os youtubers Felipe Neto e Whindersson Nunes se manifestaram a respeito e mostraram disposição para ajudar.

Ambos ficaram sensibilizados com a gravidade do caso da menina de 10 anos, que engravidou devido aos abusos cometidos pelo próprio tio e declararam que agora pretendem ajudá-la e dar assistência à criança.

Em declarações públicas feitas pelos dois youtubers, eles prometeram que irão ajudar financeiramente a menina vítima de abusos, com auxílio psicológico até à vida adulta e também com estudos até o final da faculdade.

Os dois pediram através das redes sociais que os familiares e responsáveis pela garota entrassem em contato com eles para que pudessem ajudar a menina.

O caso da menina de 10 anos que engravidou do tio

A situação toda veio à tona logo após a menina receber a aprovação da Justiça para que fosse feito um aborto. Os influenciadores então se posicionaram nas redes sociais neste último final de semana, logo após o caso se tornar ainda mais comentado, devido ao fato de que religiosos se juntaram em frente ao hospital em que a menina passaria pelo procedimento para que a gravidez fosse interrompida.

Diante das manifestações contrárias dos religiosos com o procedimento, muitas pessoas famosas usaram de suas redes sociais para defenderem a integridade da criança.

Os manifestantes religiosos que foram até o hospital onde a menina foi internada para realizar o procedimento protestaram gritando que tanto a criança quanto o médico que iria realizar o procedimento para interromper a gravidez da menor, eram assassinos. Os religiosos ainda tentaram invadir o hospital, para impedir que o procedimento fosse realizado com a menina.

Felipe Neto e Whindersson Nunes se unem

Através de seu Twitter, Whindersson demonstrou sua insatisfação com a forma como os religiosos estavam se portando diante da situação vivida pela menina de 10 anos, que teve o sue aborto legalizado pela Justiça.

O influenciador aproveitou o momento para opinar quanto a situação e pontuou que para ele um criança de 10 anos de idade grávida não é um milagre de Deus, e sim um crime.

O comentário de Whindersson veio do fato de que os religiosos apontavam que a gravidez da menina era um propósito de Deus.

Felipe Neto também usou de seu Twitter para falar do caso, quando pontuou que, se as pessoas que o seguiam achavam que uma menina de 10 anos grávida após um abuso, ser obrigada a carregar o fruto do crime, então elas representavam o martelo e não a Cristo.

Em seguida, o influenciador ainda demonstrou preocupação com o caso, deixando claro que não conseguia parar de pensar na menina e ofereceu para que os familiares dela entrassem em contato para que os estudos até a faculdade fossem pagos por ele.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!