O mundo da música amanheceu de luto nesta quinta-feira (27) ao ser anunciada a morte do produtor musical Arnaldo Saccamoni. O homem ficou famoso ao produzir o álbum de grandes artistas nacionais e também pela sua participação em diversos programas musicais, onde era jurado.

Arnaldo Sarccamoni morre nesta madrugada

O produtor musical, 71 anos, veio a óbito na madrugada desta quinta-feira em um sítio localizado em Indaiatuba, no interior de São Paulo. O famoso se encontrava no local com a família e teria feito aniversário na última segunda-feira (24).

A notícia da morte de Arnaldo foi confirmada por uma das filhas do artista, Thais Saccomani.

A moça compartilhou uma imagem nos stories do seu Instagram, onde aparece segurando a mão do pai e escreveu na publicação: "Estaremos juntos sempre". Julia Saccomani, a outra filha do músico, disse que seu pai teve uma passagem tranquila e que morreu em casa, ao lado dos familiares. Além das duas filhas, Arnaldo deixa a esposa.

Causa da morte de Arnaldo Saccamoni

Arnaldo Saccamoni sofria de insuficiência renal e de diabetes e, segundo Felipeh Campos, há dois meses o artista estava sendo submetido a hemodiálises. No ano de 2019, Arnaldo chegou a ser hospitalizado em uma UTI em São Paulo.

Na ocasião, ele foi diagnosticado com uremia, uma doença rara que surge quando os rins do paciente não consegue fazer a filtragem correta dos resíduos do sangue.

Na época, Julia disse que seu pai se encontrava bem e que a hospitalização ocorreu como precaução e para que fosse realizada uma hemodiálise.

O corpo de Arnaldo será velado no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, e ocorrerá por duas horas apenas, de 10h ao meio-dia, por causa da pandemia do novo coronavírus.

Trajetória de Arnaldo Saccomani

Arnaldo iniciou sua vida no ramo musical nos anos 60 e chegou a produzir álbuns de grandes artistas musicais como Tim Maia, Rita Lee, Ronnie Von e Fábio Júnior. Ele foi o responsável também por lançar nos anos 90 o estilo pagode romântico. O músico foi o responsável pelo lançamento do grupo Mamonas Assassinas, pois foi quem fez o contato entre os cantores e a gravadora que os fez ter tanto sucesso no Brasil inteiro.

Arnaldo ficou muito conhecido também por ter participado como jurado de programas como "Ídolos" e "É o Seu Talento". O último álbum que ele produziu foi o de Larissa Manoela, no começo de 2019. Muitos Famosos já usaram as redes sociais para lamentar a morte do produtor musical.

O cantor Flávio Venturini disse que isso era muito triste e desejou que ele descanse em paz. Latino disse que não estava acreditando e que eles tinham perdido um grande mestre. O radialista e diretor Allan Rapp disse que tinha aprendido muitas coisas com o amigo e que a notícia era muito triste. Segundo ele, Arnaldo estava partindo, mas a sua música permanecerá.

O produtor Rick Bonadio falou que era com muita tristeza que ficava sabendo da morte de Arnaldo, mestre com quem teve as primeiras oportunidades e incentivos em sua carreira na música.

Ele relembrou que Arnaldo é um dos grandes produtores brasileiros, de muito talento e carisma, que com seus comentários inesperados, mas pertinentes.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!