O desentendimento que aconteceu entre o autor de Novelas Walcyr Carrasco e atriz Marina Ruy Barbosa em 2013 novamente voltou à tona devido a uma revelação que foi feita recentemente pelo escritor.

A situação aconteceu na época em que o autor estava no ar com a novela “Amor à Vida”, da qual a atriz fazia parte do elenco. Em uma entrevista recente, o autor se relembrou do momento, que rendeu uma grande polêmica com seu nome e o da atriz na época.

Walcyr Carrasco fala sobre morte de personagem

Agora o autor confessou que matou a personagem de Marina na trama, Nicole, por causa do cabelo da atriz. Isso tudo porque, na época em que a trama foi ao ar, Marina se recusou a raspar o cabelo para viver a personagem na trama e, de acordo com o que foi relatado pelo autor, a atitude da atriz acabou comprometendo a história de sua personagem, que era uma mulher com câncer.

De acordo com o novelista, a atriz não havia sequer avisado à produção e a ele com antecedência que não rasparia os fios compridos para a sua personagem.

O autor relembrou a respeito deste momento em uma entrevista que concedeu à revista Caras, através do Instagram, nesta última terça-feira (18).

Na época em que a situação aconteceu, Marina se negou a raspar os cabelos,e repetir o momento que foi vivido pela atriz Carolina Dieckmann, em “Laços de Família”.

O assunto virou uma grande polêmica em torno da trama. Carrasco, na época, não gostou nada da atitude de Marina de se negar a raspar os cabelos e ficou tão irritado com a situação que resolveu dar um fim a Nicole, fazendo com que ela virasse um fantasma, que ficaria na trama até o final.

De acordo com o que foi relatado por Carrasco, a atriz, logo quando aceitou o papel de Nicole, havia combinado que aceitaria cortar os cabelos para viver a personagem.

O autor, no entanto, ressaltou que a promessa de Marina foi feita apenas verbalmente.

Quando a parte em que a atriz deveria cortar os cabelos foi chegando próxima, o autor conta que ela não avisou com antecedência que não iria cortar os cabelos.

O novelista ainda revelou na conversa com a jornalista Marcia Piovesan, que, na época da trama, caso Marina tivesse informado a ele com antecedência que não iria cortar os cabelos, ele poderia ter mudado a história e a encaminhado para outro lugar.

Quando recebeu a informação de que Marina não iria cortar mais os cabelos, Carrasco conta que já havia escrito mais de 30 capítulos da novela para frente, seguindo o enredo de que Nicole teria os cabelos cortados por causa da doença que a personagem vivida por Marina estava enfrentando na trama.

De acordo com o autor, em sua história, a personagem vivida pela atriz já estava à beira da morte, e que não teria mais jeito, porque ele teria que desfazer tudo que havia sido escrito por ele.

O autor foi acusado de preguiça na época, por não querer reescrever, mas se defende dizendo que não era isso.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!