Desde o mês de julho, funcionários e ex-funcionários do "The Ellen DeGeneres Show" relataram ao BuzzFeed News o ambiente tóxico que impera no programa da apresentadora.

A situação da comediante se complicou com novos relatos, desta vez de um homem (ou mulher) que preferiu manter sua identidade em segredo para não sofrer retaliações jurídicas.

Mas desta vez as denúncias não são sobre o comportamento da loura em seu ambiente de trabalho e sim em sua própria casa.

Acampamento militar

O relato desta pessoa ao Daily Mail dizia que Ellen comandava sua casa aos moldes de um acampamento militar.

Esta pessoa trabalhou por meses em uma das mansões espetaculares que a comediante dividiu com a esposa, Portia de Rossi.

Mesmo não tendo completado um ano trabalhando para Ellen, o homem ou mulher afirmou que foi a pessoa que mais passou tempo com ela.

Ellen DeGeneres, de acordo com o relato, tinha atitudes desagradáveis com os empregados de sua casa. Ela atormentava os funcionários por erros mínimos e demonstrava prazer em demitir as pessoas.

O relato diz que Ellen tinha um método que seguia a risca. Todas as manhãs ela escrevia uma lista em que detalhava todas as queixas do que não havia gostado no dia anterior.

Era algo em torno de 20 ou 30 queixas sem a menor importância, como um saleiro que foi deixado fora do lugar ou uma lâmpada que havia sido deixada acesa.

O relato também fala sobre o caso de um chef que usou o banheiro de visitas, a empregada que esqueceu de separar o lixo para a reciclagem, entre outras reclamações.

Quando a equipe deixou de cometer erros, a apresentadora começou a preparar armadilhas para o grupo de funcionários.

Ellen começou a deixar palitos de fósforo espalhados em locais estratégicos para se certificar de que os funcionários estavam realmente tirando o pó de sua casa.

Até prestadores de serviço não gostavam de trabalhar para Ellen DeGeneres.

Até mesmo uma das melhores empresas de segurança de Hollywood encerrou o contrato com a atriz.

Polêmica

A pessoa que trabalhou para Ellen disse que tem um amigo que estava presente em uma edição do "The Ellen DeGeneres Show" e presenciou quando ela apontou o dedo para uma assistente de produção e ordenou para que a retirassem do estúdio.

A apresentadora então teria dito que não gostou do modo que a assistente teria a olhado. Esta história teria sido contada também por mais duas pessoas.

Nova temporada

Em meio a toda esta polêmica envolvendo o seu nome, a artista irá estar em breve nos estúdios da Warner Bros. para estrear mais uma temporada de seu talk show.

A própria DeGeneres revelou isto na última terça-feira (8). A atração deverá ir ao ar no dia 21 de setembro e a apresentadora afirmou que irá falar sobre todas as acusações que vem sofrendo.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!