A atriz Maitê Proença trouxe de volta através do monólogo virtual “O Pior de Mim” alguns episódios traumáticos de sua vida, como o assassinato da mãe. Aos 12 anos, a atriz acabou ficando órfã de uma maneira trágica, e relatou agora que só conseguiu se recuperar do trauma vivido na infância devido à profissão que resolveu seguir na vida. De acordo com uma declaração recente de Maitê, ela conta que ser atriz foi o que curou "de uma aridez emocional".

A mãe da atriz foi morta a facadas pelo próprio marido, em meio a uma briga entre os dois, motivada por ciúmes. Dezenove anos após o crime, o pai de Maitê acabou tirando a própria.

Depois, o irmão da atriz também se matou. Em uma entrevista que ocorreu durante uma transmissão ao vivo com o jornalista Felipeh Campos, Maitê falou a respeito destes momentos dolorosos de sua vida e destacou que, devido à profissão, ela conseguiu melhorar.

De acordo com a atriz, ela poderia ter se tornado uma pessoa trancada dentro de seus sentimentos, mas devido à profissão que resolveu seguir em sua vida, ela precisa sentir, investigar as emoções que sente, e foi isso que a forçou a sair desta situação que ela poderia ter cultivado em relação aos traumas de vida. Maitê ainda destaca que se não fosse pela profissão de atriz, ela poderia ter criado um muro em torno de si mesma, e que isso foi uma sorte em sua vida.

"Ser atriz me curou de uma aridez emocional", disse.

Desabafo

Na conversa, no entanto, a atriz destacou que da mesma forma como ela, as pessoas enfrentam vários dramas ao longo da vida. A atriz ainda pontua que ao falar de sua experiência, isso é para ser levado como sendo uma referência, e que em maior ou menor grau, todas as pessoas têm algo guardado a sete chaves em suas vidas, e que devido a isso, são criados mecanismos de defesa em relação a estes sentimentos.

A atriz ainda destaca que nem sempre as pessoas encaram estes sentimentos que estão presentes assim.

Ao falar da sua experiência, Maitê demonstrou uma voz embargada, mas continuou relatando e destacou que é importante se entender emocionalmente e também garantir uma maior abertura para o desconhecido.

Ela explicou ainda que alguns momentos de sua vida ela foi somente entender agora, e outros foram há 20 anos que aconteceram. Proença ainda diz que vê estas situações na vida como sendo percalços que tropeçou, mas que não foi com esta intenção.

A artista ainda revelou na conversa que precisou recorrer à psicanálise e meditações experimentais para conseguir lidar com as situações de sua vida. Ela destacou ao falar da situação que as pessoas são muito mais complexas do que de fato gostariam de ser. A atriz ainda destacou que ela sempre se questiona qual é a sua missão no mundo, por acreditar que não estamos “de férias” na vida.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!