O hospital Unimed, de Belo Horizonte, divulgou na manhã desta segunda-feira (7) um novo boletim médico sobre o estado de saúde do cantor Parrerito, do Trio Parada Dura, que está internado desde o dia 29/8, após ter contraído a Covid-19. Segundo o hospital, o cantor apresentou uma instabilidade na pressão arterial. Estava prevista para as próximas horas a retirada gradual do sistema de ventilação mecânica ao qual Parrerito está submetido. Porém, com a piora em seu quadro de saúde, essa retirada gradual foi suspensa pelos médicos.

Parrerito já está com 67 anos e é diabético, circunstâncias que com certeza ajudaram o cantor a desenvolver complicações após contrair a Covid-19.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, a ação do vírus no corpo faz com que a ação da insulina seja atrapalhada, fazendo com que a glicemia fique alta, levando assim a possíveis complicações.

No último domingo (6), a família pôde ficar mais esperançosa em relação à situação do cantor, já que ele teve uma melhora significativa em seu quadro clínico. Neste momento, Parrerito tem 50% de seu pulmão comprometido e segue sem previsão de alta.

Novo boletim

No novo boletim divulgado pelo hospital Unimed de Belo Horizonte, é informado que o cantor teve uma instabilidade em sua pressão arterial, o que acabou agravando ainda mais seu quadro. Foram realizados novos exames clínicos no cantor, mas neste momento sua sedação é baixa.

Ainda segundo o boletim, este é o momento mais crítico em seu estado de saúde desde que ele contraiu a doença. No texto, a família e a equipe profissional do trio pedem que os fãs continuem esperançosos e orando por sua melhora. A internação de Parrerito aconteceu no dia 29 de agosto, mesma data em que ele recebeu o diagnóstico para a Covid-19.

No entanto, seu estado de saúde só foi se agravar no dia 31, quando ele sofreu um mal súbito e precisou ser transferido às pressas para a UTI.

Segundo o boletim médico, o quadro de Parrerito é grave, porém estável.

Carreira

Parrerito não faz parte da formação original do Trio Parada Dura, tendo entrado no grupo em sua terceira geração, no ano de 1987.

Ele substitui seu irmão Barrerito, que havia ficado paraplégico alguns anos antes e resolveu sair do trio para seguir carreira solo.

Nesta terceira geração do grupo, com a presença de Parrerito, o trio gravou alguns álbuns que fizeram muito sucesso, como "Nos braços do povo", "De ontem pra hoje" e "Palavra de honra".

Alguns anos depois também houve uma quarta geração do Trio Parada Dura, que continuou contando com a presença de Parrerito, porém, essa formação não conseguiu alcançar o sucesso das gerações anteriores.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!